Daniel Radcliffe explica mistério dos bastidores de Harry Potter

Chris Columbus dirigindo o primeiro Harry Potter
Chris Columbus dirigindo o primeiro Harry Potter (Divulgação)

Anos depois de aposentar o figurino de Harry Potter, o ator Daniel Radcliffe não cansa de relembrar os bons momentos que viveu durante a produção dos filmes da franquia. Recentemente, ele fez questão de elucidar um assunto que sempre deixou alguns fãs curiosos.

Radcliffe concedeu entrevista ao canal do Youtube Hot Ones, e aproveitou a oportunidade para esclarecer o motivo de ter quebrado inúmeras varinhas durante seus vários anos interpretando o bruxo mais querido de todos os tempos.

“Quebrei muitas varinhas porque eu gostava de batê-las nas minhas pernas o tempo todo [como em uma bateria]”, explicou ele. “Então, uma vez a cada três ou quatro semanas, elas enfraqueciam a ponto de quebrar. Então, eu ia até o responsável pelos adereços pedindo desculpas, e ele me olhava tipo, ‘Por favor, pare de tocar bateria'”.

Ou seja, Daniel de fato deu prejuízo à Warner, uma vez que as varinhas usadas no filme eram de qualidade e feitas com capricho.

O ator britânico também aproveitou a oportunidade para afirmar que no que diz respeito aos óculos – marca registrada no personagem – sua fama é injusta.

“Os relatos são exagerados sobre os os óculos. Definitivamente, não quebrei os óculos tantas vezes”.

Daniel x J.K. Rowling

Há alguns meses, Radcliffe fez notícia ao rebater comentários transfóbicos feitos pela autora em sua conta oficial do Twitter. O ator usou a plataforma The Trevor Project, que se dedica à prevenção do suicídio de jovens LGBTQ+ e com a qual contribui há vários anos, para esclarecer sua posição.

“Mulheres transgênero são mulheres. Qualquer declaração em contrário apaga a identidade e dignidade das pessoas trans e vai contra todos os conselhos dados por associações profissionais de saúde que têm muito mais experiência neste assunto do que Jo ou eu”.

“A todas as pessoas que agora sentem que sua experiência com os livros foi manchada ou diminuída, lamento profundamente a dor que esses comentários causaram a vocês”.

O ator prova que é um herói também na vida real.

Museóloga e Marketeira de formação. Assistia filmes ao invés de brincar na rua. Adora ir ao cinema sozinha. Uma vida consumindo cultura pop.


SIGA-NOS E VEJA MAIS