Confira o que a crítica achou de Happiest Season

Kristen Stewart e Mackenzie Davis em Happiest Season ( Reprodução / Hulu)
Kristen Stewart e Mackenzie Davis em Happiest Season ( Reprodução / Hulu)

Nesta semana estreou no Hulu a comédia romântica Happiest Season.

O longa metragem tem direção de Clea Duvall e o elenco conta com Kristen Stewart, Mackenzie Davis, Alison Brie, Mary Steenbrugen, Victor Garber e Ana Gasteyer.

Na trama, uma mulher descobre que sua namorada ainda não se assumiu para os pais conservadores.

Recepção da crítica

As primeiras impressões de Happiest Season já forma divulgadas.

No Rotten Tomatoes conseguiu 86% de aprovação da crítica e 89% de aprovação do público. Enquanto no IMDb obteve a nota 7 / 10.

Leia abaixo outras avaliações dos críticos sobre o novo filme do Hulu:

  • “Seu equilíbrio saudável de mentalidade convencional e respeito pela comunidade deve vê-lo como um título de feriado básico e o início esperançoso de uma nova onda de narrativa inclusiva” – Peter Gray, This is Film.

 

  • “Cada momento do filme é emocionalmente cativante, perfeitamente agridoce e calculadamente ousado, conduzindo os espectadores por um lindo caminho de esperança e amor que deve conceder à Temporada Mais Feliz o sucesso que ela merece” – Kyle Bain, Film Threat.

 

  • “Vamos chamar de progresso o fato de que Happiest Season sugere que os gays têm tanto direito a filmes de férias piegas e inventados quanto os heterossexuais” – Chris Hewitt, Minneapolis Star Tribune.

 

  • “A média de comédia romântica com tema natalino é uma caixa tão sintética de delícias … Happiest Season, uma nova comédia dirigida por Clea DuVall, é um exemplo inteligente, comovente e carinhosamente imperfeito” – Justin Chang, Los Angeles Times.

 

  • “A temporada mais feliz é sobre a necessidade de aceitação da família; está vinculado a temas emocionais, sinalizando que o esforço de aceitação pode ser prejudicial em si mesmo” – Daniel Hart, Ready Steady Cut.
  • “Não há nada de errado com o conforto do cinema de fácil visualização – mas há uma diferença entre entreter seu público preguiçosamente e insultar sua inteligência” – Barry Hertz, Globe and Mail.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações e filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS