Christopher Nolan cria polêmica, e detona HBO Max e Warner Bros.

Ilustração de Laemeur
Ilustração de Laemeur

Na semana passada a Warner Bros. sacudiu a indústria do cinema anunciando que em 2021 lançaria suas 17 super produções simultaneamente no cinema e no serviço de streaming HBO Max.

A decisão causou as mais diversas reações, principalmente negativas, entre atores, cineastas, agentes e cinemas. Em uma comunicado para o The Hollywood Reporter, Christopher Nolan ateou mais fogo na polêmica ao falar do HBO Max e fazer críticas às decisões da Warner Bros.

Nolan trabalha com a Warner Bros. desde 2002, começando com o filme Insomnia. Seu mais recente trabalho com o grande estúdio é Tenet, que estreou este ano.

Em sua declaração para o THR, Christopher Nolan comentou: “Alguns dos maiores cineastas e estrelas de cinema de nossa indústria foram para a cama na noite anterior pensando que estavam trabalhando para o maior estúdio de cinema e acordaram para descobrir que trabalhavam para o pior serviço de streaming“.

Ele acrescentou: “A Warner Bros. tinha uma máquina incrível para fazer o trabalho de um cineasta em todos os lugares, tanto nos cinemas quanto em casa, e eles estão desmontando enquanto falamos. Eles nem mesmo entendem o que estão perdendo. Sua decisão não faz sentido econômico, e mesmo o investidor mais casual de Wall Street pode ver a diferença entre ruptura e disfunção”.

A decisão dos lançamentos híbridos da Warner vem supostamente por conta da atual situação mundial causada pela pandemia de COVID-19. Contudo isso pode gerar grandes efeitos colaterais no futuro, e muitas dúvidas ficam se os cinemas serão os mesmos daqui a alguns anos.

A nova proposta da Warner é claro, se centra no lucro e o aumento do valor da HBO Max, mas nem todos os artistas trabalham por dinheiro.

Um agente que entrou em contato com o THR pontuou: “Você tinha um legado de décadas como sendo conhecido como o estúdio mais receptivo ao talento. Agora você sai disso para um estúdio que em cores explosivas acendeu uma placa que diz: ‘Não estamos nem aí para o talento‘”.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações e filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›