Ator e diretor convenceu criador de The Mandalorian a mudar episódio final

A Criança em The Mandalorian (Reprodução / LucasFilm)
A Criança em The Mandalorian (Reprodução / LucasFilm)

Na semana passada foi ao ar o 12º episódio de The Mandalorian, intitulado The Siege e que contou com Carl Weathers na cadeira de diretor. Weathers também participa da série como Greef Karga. Neste episódio, Baby Yoda ofereceu diversas cenas que mais uma vez foram destaque entre os fãs.

Em uma entrevista para o Empire (via Comic Book), Carl Weathers revelou que leu o roteiro do episódio 12 e decidiu falar com o criador da série, Jon Favreau, que a história precisava de mais cenas com Baby Yoda.

“Eu sei do que se trata o programa – se chama The Mandalorian, então isso meio que cuida disso”, disse Weathers à revista.

“Mas seu ajudante, seu pupilo, seu pequeno ser que o acompanha em sua jornada, tem essa doçura, essa qualidade obviamente infantil que todos nós amamos nos pequenos, antes que eles possam dizer ‘não!’ e jogar coisas e ter acessos de raiva. Quando li o roteiro, um dos meus comentários foi para pedir a John para colocar mais do bebê lá”.

Não há como negar que A Criança protagonizou cenas memoráveis, como ajudar Mando a consertar a nave espacial, ou roubando macarons espaciais, e até o vomitando após uma eletrizante perseguição de naves.

“A jornada em que estamos é repleta de perigos e muito voltada para a ação, e há muitas armas – tiros e bandidos caindo e perseguições e todas essas coisas boas, explosões – é como uma panóplia de todas as coisas boas coisas em filmes de ação ”, acrescentou Weathers.

“Mas também há o bebê – esse lado mais gentil, mais suave e mais doce que surge de todos que interagem com ele. E isso para mim foi um equilíbrio maravilhoso. Jon criou essas cenas tão lindamente. Sou fã da Criança, sou um verdadeiro fã. Adoraria ver mais dele”, pontuou.

O vômito colorido

Quanto ao momento final, Weathers confirmou que o vômito de Baby Yoda foi 100 por cento prático, uma necessidade afinal o próprio personagem é um fantoche. “Isso foi prático. O que fez funcionar foram as combinações de cores, e você nunca espera que seja para onde vai. Mas, ‘rodopie, rodopie, rodopie!’ – eventualmente, e todos nós iríamos ‘bleurgh!’”, concluiu o ator.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações e filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS