Bridgerton: Saiba qual foi o artifício que a Netflix utilizou para adaptar controversa cena do livro

Bridgerton (Reprodução / Netflix)
Bridgerton (Reprodução / Netflix)

Bridgerton levou apenas um dia para se tornar a série da Netflix mais assistida em todo o mundo, de acordo com dados do site Flixpatrol.

A série da criadora de Grey’s Anatomy chegou na gigante do streaming com a adaptação dos romances de Julia Quinn e já é um sucesso.

Entretanto, embora respeite o espírito dos livros, para trazê-los para a tela, algumas modificações tiveram que ser feitas.

Um exemplo, é uma cena do episódio seis que precisou ser reescrita, já que a original é simplesmente perturbadora.

Veja abaixo do que se trata, mas tome cuidado porque tem spoilers a partir de agora.

A primeira temporada do programa se concentra na relação entre Simon Basset e Daphne Bridgerton. O Duque de Hastings engana sua namorada e diz a ela que ele não pode ter filhos quando na verdade ele tem toda condição, mas não a intenção.

A jovem confia no namorado e se casa com ele. Porém, chega o momento em que ela percebe a mentira de que foi vítima.

É justamente nesse ponto que os escritores da série se detiveram um pouco porque a versão do livro poderia ser um gatilho.

No romance escrito, Daphne se vinga de Simon e se aproveita dele quando ele chega em casa bêbado. Ela se aproveita de seu estado indefeso e abusa dele, cumprindo o que queria.

Em vez disso, Bridgerton trouxe essa cena para a tela de forma diferente: era mais um jogo de sedução e iniciativa de Daphne do que um ato violento sem consentimento. A semelhança é que após o fato, ambos discutem e o engano é exposto.

A cena realmente foi bastante controversa quando o livro foi lançado. Os fãs inclusive reclamaram bastante no site Goodreads, dizendo: “por que você arruinou um romance perfeitamente bom com uma cena de estupro?”

Por conta disso, a Netflix preferiu não arriscar e modificou o tom da cena.

Um Psicólogo que estuda Medicina, ensina inglês, toca piano, ama escrever e tem um gato. =P


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›