Taika Waititi explica por que Thor: Amor e Trovão não terá corte de diretor

Ele também mencionou o que teria em sua versão se ele a lançasse

publicidade

Desde o lançamento do Snyder cut de A Liga da Justiça, os fãs têm aguardado ansiosamente que outros diretores lancem suas versões, mas podem perder as esperanças em relação a Thor: Amor e Trovão, e Taika Waititi explicou porque.

Em uma recente entrevista ao site americano NME o cineasta revelou não estar interessado em lançar sua versão sem cortes do quarto filme solo do Deus do Trovão, pois ele acha os cortes de diretor não são algo bom, por ficarem grandes demais em com cenas que foram cortadas por bons motivos.

“Eu assisto cortes de diretores de muitos outros diretores. Eles são uma droga. Os cortes do diretor não são bons. Diretores precisam ser controlados às vezes e se eu disser: ‘Oh, você quer assistir a parte do meu diretor? São quatro horas e meia de duração! Não é bom, em quatro horas e meia. Há muitas pausas para tomar chá lá. Você nem precisa pausar isso”, ele explicou.

publicidade
Thor (Chris Hemsworth) e Korg (Taika Waititi) em cena de Thor: Amor e Trovão (Reprodução/Youtube)

Indagado sobre se Thor: Amor e Trovão tivesse uma versão do diretor, o que seria incluído, ele respondeu, mas salientando novamente que se ficou de fora da versão final é por não ser interessante que o público veja.

“Eu diria que minha parte provavelmente teria mais algumas piadas lá dentro. Pode haver um par de cenas deletadas. Mas como eu sempre digo, uma cena é apagada porque não é boa o suficiente para estar no filme. Eu acho que a seção de cenas excluídas no DVD, não que eles as usem mais, deve ser apenas uma lista das cenas e sem links para que você não possa clicar nelas”, ele opinou.

Jane Foster (Natalie Portman) e Thor (Chris Hemsworth) em Thor: Amor e Trovão (Reprodução / Marvel)
Jane Foster (Natalie Portman) e Thor (Chris Hemsworth) em Thor: Amor e Trovão (Reprodução / Marvel)

Thor: Amor e Trovão

publicidade

Thor: Amor e Trovão acompanha Thor em um momento de autodescoberta, onde ele precisa retornar ao papel de herói diante o surgimento de um novo e poderoso vilão disposto a exterminar todos os deuses do universo, Gorr, o Carniceiro dos Deuses

O Deus do Trovão não enfrentará essa nova batalha sozinho, ele contará com o apoio da (agora) Rainha Valquíria e Korg, além de sua ex-namorada Jane Foster, que surpreendentemente retorno depois de tantos anos como a Poderosa Thor.

O longa tem direção de Taika Waititi, que escreveu o roteiro com Jennifer Kaytin Robinson, e produção de Kevin Feige e Brad Winderbaum.

Além de Chris Hemsworth como Thor, o elenco conta com Natalie Portman como Jane Foster/Poderosa Thor, Christian Bale como Gorr, O Carniceiro dos Deuses, Russell Crowe como Zeus, e Jaimie Alexander como Sif, além da participação das estrelas de Guardiões da Galáxia: Chris Pratt, Dave Bautista, Karen Gillen, Sean Gunn e Pom Klementieff.

Thor: Amor e Trovão está disponível nos cinemas de todo país.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›