Taika Waititi descreve Thor: Amor e Trovão como uma versão mais profunda de Ragnarok

Taika Waititi descreve a jornada de Thor de Amor e trovão como uma versão mais profundo do que foi explorado em Ragnarok.

publicidade

Pelas mãos do cineasta Taika Waititi, a franquia de Thor ganhou dois filmes, Ragnarok e Amor e Trovão. Porém, em vários aspectos, os filmes se assemelham e numa entrevista recente, o diretor comentou sobre a principal diferença entre as produções.

Para o Digital Spy, Taika Waititi comentou que Amor e Trovão seguiu a mesma linha de Ragnarok, ao levar Thor em uma jornada de autodescobrimento.

publicidade
Taika Waititi (Reprodução/Twitter)

Porém, nas palavras do próprio diretor, o quarto filme da franquia leva essa ideia mais afunda, com Thor não apenas se questionando sobre quem ele quer ser no futuro., mas quem é no presente.

“A grande diferença criativamente e em termos de história foi querer empurrar Thor em uma direção que parecesse mais emocional, onde ele fosse desafiado por questões mais humanas e coisas que o tornariam mais relacionável.”

“Ele foi ótimo em Ragnarok e foi muito divertido, foi como uma reinvenção do personagem, mas senti que poderíamos ir mais longe e descobrir mais sobre quem ele é. Não apenas ‘eu não quero ser rei’, é mais como ‘Quem sou eu? Qual é o meu propósito? Será que algum dia me apaixonarei? Alguém vai me amar? Qual é o meu lugar no mundo?’”, afirmou o diretor.

Taika Waititi e Jeff Goldblum nos bastidores de Thor: Ragnarok (Reprodução)
Taika Waititi e Jeff Goldblum nos bastidores de Thor: Ragnarok (Reprodução / Marvel)
publicidade

Entretanto, essa pode não ser a única diferença entre os filmes. Num bate-papo com o Fandango, pouco antes da estreia do quarto filme, o Waititi comentou um pouco sobre a atmosfera de Thor: Amor e Trovão, apontando uma forma em que o filme seria diferente de Ragnarok.

“Neste filme definitivamente, eu não vou falar muito sobre amor, mas continuo pensando sobre esses momentos neste filme. Há momentos neste filme que eu acho que são muito tocantes. Esse filme é para as pessoas se deixarem levar por essa aventura, escapar, rir e se divertir, mas também para sentir algo, por isso acho que esse filme também é bastante emocional”, concluiu o diretor.

publicidade

Atualmente, Thor: Amor e Trovão está em cartaz nos maiores cinemas nacionais, ainda não há uma data oficial para estreia do filme no Disney+.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›