EXCLUSIVO | Diretor de Sistema Bruto, Gui Pereira explica por que pandemia alterou seus planos e revela maior vitória

Diretor contou como fez uma grande reestruturação do projeto para adaptá-lo às novas condições

publicidade

Programada para estrear neste segundo semestre do ano, a comédia de ação Sistema Bruto poderia já ter chegado aos cinemas muito antes, mas a Pandemia da Covid-19 forçou o diretor Gui Pereira a replanejar toda a filmagem, como ele contou em entrevista exclusiva ao E-Pipoca.

“A gente chegou a adiar o início das filmagens (por causa da pandemia), o plano inicial era gravar em 2020, mas a gente acabou pondo uma pausa em 2020, e realmente meio que reestruturando toda a pré-produção e preparação, até mesmo o roteiro (passou por mudanças)”.

“Mexemos para economizar bastante coisa, para não exigir tanto o elenco junto, a equipe também. Nossa equipe foi bem reduzida, tivemos um total de umas 15 pessoas, contando equipe de arte e fotografia”, ele contou

publicidade

Após definir esperar mais para iniciar as filmagens, o cineasta iniciou a reestruturação do projeto e fez isso sem pressa, iniciando as filmagens já em um período menos perigoso da pandemia.

“Tiramos esse ano de 2020 e 2021 para reestruturar o projeto e fazer um planejamento para que a gente conseguisse gravar isso direto e daí gravamos no final de outubro, novembro de 2021, quando já estava um pouco mais ‘tranquila’ a pandemia. O pessoal já estava vacinado também, muitos já com a segunda dose, alguns ainda na primeira dose, mas (a pandemia) já estava um pouco mais controlada”, ele ressaltou.

Gui Pereira durante as filmagens de Sistema Bruto (Divulgação)

Apesar de não ter contado com incentivo governamental, precisando firmar parcerias com a iniciativa privada para financiar o filme, Pereira não teve apenas parceiros financeiros, ele também contou com algumas parcerias em troca de produtos/serviços bem úteis.

publicidade

“Não buscamos somente parceiros financeiramente, alguns parceiros entraram em troca de produtos, um deles, que foi a Nutriex, uma empresa farmacêutica, entrou com os testes de Covid, aquele de (colher amostra no) nariz. Então a cada 4 dias, a gente gravava e tinha um intervalo de 2 dias, depois voltava para a semana, então no começo de todas as semanas, eles (a Nutriex) faziam um teste em toda equipe e todo o elenco, para ver se dava negativo, e todo mundo negativou todas as vezes”, ele relembrou.

Pereira finalizou afirmando que, em sua visão, eles acabaram tendo muita sorte, por conseguir seguir as filmagens direto sem parar após terem iniciado, sem absolutamente ninguém ter adoecido, o que ele acha que se deve muito pela equipe reduzida e cuidados tomados.

publicidade

“Então foi de um certo modo uma baita de uma sorte. Ninguém testou positivo. Acho que a sorte colaborou, tudo colaborou para que desse certo, mas sim durante as gravações, por mais que a gente estava testado, a gente usava máscara, a gente evitava contato físico com todo mundo. Foi um pouco uma coisa mais contida e a equipe reduzida também contribuiu para que não fosse uma zona cheia de pessoas”, ele concluiu.

Sistema Bruto ainda não tem uma data de lançamento, mas está prevista para chegar aos cinemas ainda neste ano.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›