Depois de 20 anos estrela de Buffy quebra o silêncio e defende diretor polêmico após morte

publicidade

Uma coisa que não faltou em Buffy, A Caça Vampiros foram mortes, mas uma em especial incomodou muito os fãs da série, principalmente a comunidade LGBTQIA+:a controversa morte de Tara Maclay, que mais de vinte anos depois foi comentada por sua intérprete.

Recentemente Amber Benson abriu o coração sobre a morte de sua personagem em seu depoimento para o livro de Evan Ross Katz sobre a série, intitulado: Into Every Generation, a Slayer Is Born: How Buffy Staked Our Hearts.

A atriz disse compreender a revolta das pessoas, que viram a morte de Tara como um ato preconceituoso, por ela ter um relacionamento com outra personagem feminina do programa, mas também destacou que não acredita que Joss Whedon teve motivações preconceituosas.

“E eu acho que atingiu Joss que ele tinha cometido um erro, que ele tinha sido míope. Eu realmente, por todos os seus defeitos e por todas as coisas sobre ele que são frustrantes, eu acho que ele nunca quis machucar a comunidade LGBTQ+. Ele só não estava pensando. Eu posso realmente, do fundo do meu coração, dizer [que] isso não foi nada intencional Este foi um erro impensado”, ela opinou.

publicidade
Tara Maclay (Amber Benson) morreu em Buffy, A Caça Vampiros (Divulgação)

Apesar de acreditar que o criador da série não teve más intenções quando decidiu matar sua personagem, Benson negou vários convites para voltar ao programa, que ela afirma que tiveram outras motivações.

“Mas eu não queria voltar. Ele realmente queria que eu voltasse e não conseguíamos chegar a um acordo sobre isso. E a maior parte era minha agenda. Eu ia sentir falta de ir para a Inglaterra, não ser capaz de dirigir Os Fantasmas de Albion se eu tivesse dito sim”, ela garantiu.

Em seu depoimento para o livro ela explicou seus reais motivos para não ter aceito voltar em nenhuma das três oportunidades que lhe foram dadas.

publicidade

“Esta é a primeira vez que eu estou falando sobre isso. Eu tinha tido alguns problemas com alguém no programa, e ele tinha meio que vindo à tona como eu estava me preparando para sair. Sair do programa foi triste porque há alguns da equipe e dos roteiristas e alguns do elenco que eu adoro, mas eu tinha feito as pazes com essa pessoa e o programa e eu estava pronta e pensei: ‘Estou deixando tudo em um bom lugar. Eu não preciso voltar. E então todos as m***as bateram no ventilador e Joss percebeu que ele tinha estragado tudo. Quero dizer, esta foi uma época em que as pessoas estão, tipo, enviando faxes para aquele escritório de produção, como se isso fosse uma coisa grande, horrível, e foi devastador para muitas pessoas”, ela contou.

Buffy, A Caça Vampiros está disponível no Star+.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›