Pacificador: Supervisor de efeitos especiais conta como criou Armário quântico

Mark Gee admitiu que chegou a pensar que não conseguiria realizar o conceito apresentado por James Gunn

publicidade

Pacificador é uma série cheia de surpresas, uma delas apareceu logo no primeiro episódio quando Christopher Smith foi a casa de seu pai, Auggie Smith pedir um novo capacete, após perder o seu, e o público conheceu o armário quântico criado pelo pai do anti-herói.

Acontece que além de um líder da supremacia branca, o vilão também é um gênio da tecnologia que escondeu um armário que multiplica seu tamanho muitas vezes quando acessado, algo que o supervisor de efeitos especiais do programa, Mark Gee, explicou como foi feito.

Quem assistiu Pacificador viu a criação de Auggie, que inicialmente é um pequeno armário aumentar seu tamanho para além do que a visão permite ver, algo que só foi possível com ajuda de alguns efeitos especiais que foram revelados pelo especialista em uma entrevista com o site Comicbook.

“Era um conceito interessante que James descreveu como um espaço infinito. Sem dúvida, entre nesta sala onde ele tem todos esses capacetes e esses dispositivos, e se expandiria infinitamente. Então, isso foi simplesmente o resumo”.

publicidade
Augiee Smith (Robert Patrick) em seu armário quântico em Pacificador (Divulgação HBO Max)

“O que foi filmado no set foi basicamente uma ou duas camadas desses armários, e isso é tudo que você viu. Tudo além disso era tudo CG. Então, a parte difícil foi fazer isso parecer infinito, especialmente porque estávamos no nível dos olhos em muitas dessas tomadas”.

“Há apenas duas tomadas onde você está acima, então você tem que ver a escassez do espaço lá. Nós experimentamos muito quanto a colocar os armários. Pareceria uma paisagem urbana à noite? Haveria paisagem de estrelas ou auroras, ou seria apenas cair do preto?”, ele contou.

Ele prosseguiu explicando as maiores dificuldades de criar imagens realistas da expansão infinita do armário.

“E nós passamos por todos esses tipos de testes e conceitos de fazer isso. A coisa mais difícil foi no nível do solo, olhando para trás através de todos esses armários, tornando-o crível, vendo aquele espaço infinito voltando para onde acabamos indo foi construir um estádio para que tudo subisse e você pudesse ter os armários voltando o mais longe que pudessem ir”, ele descreveu.

publicidade
Augiee Smith (Robert Patrick) em seu armário quântico (sem efeitos especiais) em Pacificador (Divulgação Weta FX)

Gee também falou sobre como inicialmente eles acharam que não conseguiriam alcançar o conceito imaginado por Gunn de armários que remontam a nove quilômetros com armários minúsculos ainda visíveis, mas acabaram conseguindo.

publicidade

“Pensamos: ‘oh, não sei como isso vai ficar’. Nós meio que recusamos para começar, mas funcionou perfeitamente porque você tem esses pontos de fuga dos painéis e do teto, e você tem uma perspectiva real olhando para trás, bem como com as luzes voltando ao espaço”.

“Funcionou muito bem, mas foi um conceito que passamos por algumas rodadas para tentar e quebrá-lo. Mas, eventualmente, chegamos lá”.

“A expansão real dos armários também, esse era um conceito que não tínhamos ideia de como seria. E nós brincamos com isso, armários entrando e saindo, caindo do teto também. Mas no final, tudo acabou dando certo.”

A primeira temporada completa de Pacificador está disponível na HBO Max.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›