Internautas reagem a documentário sobre assassinato de Daniella Perez: “Foi brutal”

Série abordando assassinato cruel da atriz já tem trailer e data de estreia

publicidade

Há 30 anos uma notícia chocou o Brasil todo, a atriz em ascensão Daniella Perez foi encontrada morta, assassinada violentamente, um caso que foi assunto por muito tempo e volta a ser agora com o anúncio da série documental da HBO Max, Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez.

A produção relembrará o crime cruel premeditado cometido por Guilherme de Pádua e sua esposa, Paula Thomaz, ilustrando com imagens nunca vistas antes, além de entrevistas exclusivas de pessoas intimamente ligadas ao caso e a vítima, como a mãe dela Gloria Perez e seu viúvo, Raul Gazolla.

Gloria Perez em cena do documentário Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez (Reprodução Youtube)
publicidade

O documentário, que conta com cinco episódios, e tem direção de Tatiana Issa e Guto Barra, que também é o responsável pelo roteiro, também contará com depoimentos de Claudia Raia, Fábio Assunção, Maurício Mattar, Cristiana Oliveira e Eri Johnson.

Veja o trailer:

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

publicidade

Após o recente lançamento do trailer da série, milhares de pessoas foram às redes sociais comentar sobre a produção, muitas delas relembrando o dia em que a noticia do assassinato invadiu os noticiários.

Veja alguns comentários:

publicidade

 

“Guilherme de Pádua é tão ordinário que ainda teve o descaramento de ir no velório de Daniella Perez consolar Glória, Raul e demais familiares pq até então ninguém sabia que tinha sido o monstrengo. É de uma frieza absurda”.

“A dor de recordar o assassinato brutal de Daniella Perez não é mais revoltante que saber que o terrivelmente evangélico de seu assassino está livre e fazendo campanha pra Bolsonaro”.

“O impacto do assassinato de Daniella Perez foi tanto que Glória Perez utilizou a repercussão para fazer uma emenda popular para incluir o homicídio qualificado na Lei dos Crimes Hediondos. A lei foi modificada em 1994, dois anos após o crime”.

“Impactado com esse teaser da nova serie da HBO Max sobre o caso Daniella Pérez. Uma pena que a justiça do Brasil não funcionou e esses vagabundos que mataram essa jovem de futuro promissor estão livres por aí sem a devida punição”.

publicidade

“Eu tinha 4 anos na época, e eu n sei como ou de quando, mas eu me lembro desse crime com um buraco no estômago”.

“Pessoal tá comentando o ruim q deu ver q vai ter doc do assassinato da Daniella Perez, me deu um ruim tbm. eu lembrei com riqueza de detalhes da empregada de casa ouvindo rádio e vindo contar “O BIRA MATOU A YASMIN” e minha mente infantil achando q era na novela”.

“Lembro como se fosse hoje. Soube do assassinato da Daniella Perez, na hora do almoço. Na casa que eu trabalhava como babá. Quero assistir esse documentário”.

“Eu tinha 6 anos quando isso aconteceu. Eu era apaixonada pela Daniella Pérez. Até hoje ela ainda está em minha memória por ser uma menina-mulher linda, carismática, doce e talentosa”.

“Esse dia foi triste demais. Acordei ouvindo no radio a notícia e acompanhando tudo na TV o dia todo. Há 30 anos. Sem Daniella Perez”.

“Lembro muito daquela manhã de dezembro de 1992 quando a vizinha chegou lá em casa chorando que Yasmim tinha morrido, todo mundo pensava que era a personagem, mas na verdade era a jovem atriz Daniella Perez”.

“Lembro que quando minha tia contou que a Daniella Perez havia sido morta pelo Guilherme de Pádua, achei que ela tinha feito confusão. Ela devia ter ouvido no rádio que o personagem Bira iria matar a Yasmin. Mas, infelizmente ela não estava errada”.

publicidade

Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez estreia na HBO Max em 21 de julho de 2022.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›