Diretor afirma que filme com Tom Cruise foi maior fracasso de sua vida

A Múmia, filme de 2017 é considerado o pior da carreira do ator, tendo acumulado prejuízo milionário para o estúdio

publicidade

A Múmia é um belo exemplo de que nem mesmo um excelente ator pode salvar um filme, nem mesmo quando a ideia para ele parece boa. Até o diretor Alex Kurtzman concluiu, que o longa é o maior fracasso de sua vida.

O filme, lançado em 2017, apresentou Tom Cruise como protagonista, dando vida a um militar americano que durante uma missão, acaba acidentalmente acordando uma poderosa princesa egípcia de milhares de anos, que tenta destruir o mundo para se vingar de seus tempos aprisionada.

Apesar de seu protagonista de primeira linha e trabalhar com um tipo de monstro bastante popular no cinema, o longa acabou se tornando um imenso fracasso, que causou um prejuízo de cerca de US$ 95 milhões a Universal Pictures.

A Múmia também recebeu as piores críticas que um filme protagonizado por Tom Cruise já recebeu, chegando a ser classificado como um Tomate Podre no site agregador de críticas Rotten Tomatoes, ao receber apenas 16% de aprovação da crítica profissional e 35% do público.

O fracasso foi assumido por Kurtzman, que não só admitiu que considera o filme o pior que ele já fez tanto em sua carreira profissional como em sua vida pessoal, como se culpou, afirmando que o longa foi o resultado de seu péssimo trabalho na direção.

Cena de A Múmia (Divulgação)
publicidade

Durante uma participação no podcast, Bingeworthy, do site The Playlist, ele explicou que era muito inexperiente como diretor quando assumiu o controle de A Múmia, que foi seu segundo trabalho como diretor, após um ótimo resultado como roteirista em sucessos como Missão: Impossível 3.

“Foi o maior fracasso da minha vida, tanto pessoal quanto profissionalmente. Eu não me tornei diretor de fato até fazer aquele filme [A Múmia], e não foi porque foi bem dirigido – foi porque não foi. Não teria entendido muitas das coisas que agora entendo sobre o que significa estar nesse posto se não tivesse passado por essa experiência”, ela garantiu.

Mas, apesar de considerar o filme como o pior que ele já fez em toda sua vida, o cineasta admitiu que o fracasso dele teve um lado positivo, já que o longa contribuiu para ele se tornar um diretor melhor, fazendo com que ele aprendesse com seus erros.

“Estou muito grato por ter tido a oportunidade de cometer esses erros, porque isso me reconstruiu em uma pessoa mais forte, e também me reconstruiu em um cineasta mais objetivo”, ele afirmou.

publicidade

A Múmia está disponível para alugar no Prime Video, YouTube, Google Play Filmes e TV e Apple TV.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›