Better Call Saul: Atriz conta como percebeu que sua personagem se tornava alguém pior

Ela também apontou os sinais que lhe evidenciaram que Kim estava se tornado uma pessoa sombria

publicidade

Quanto mais se aproxima do fim de Better Call Saul, mais evidente fica de que Kim Wexler está tomando um caminho que não vai ser bom para ela, algo que sua intérprete, Rhea Seehorn, admitiu que começou a perceber os sinais antes mesmo de ser comunicada do que aconteceria.

Durante uma entrevista com o site americano Collider, ela falou sobre a grande mudança que Kim vem passando e entendeu que ela não terminaria bem no fim da série do jeito que as coisas vão indo.

“Enquanto eu não sabia, quando começamos a conversa respondendo, exatamente para onde estava indo, eu sabia que isso terminaria em coisas ruins. Eu entendi que ela compartimentalizava para chegar a um nível sociopata”, ela afirmou.

publicidade
Rhea Seehorn em cena de Better Call Saul (Divulgação/AMC)

A atriz prosseguiu descrevendo todos sinais claros que para ela indicavam claramente a grande mudança da personagem.

“E ela pensou que ela poderia apenas, quero dizer, tudo o que ela estava fazendo, tudo o que costumava ser um trunfo de caráter, tornando-se uma falha de caráter. Tipo: ‘Eu não aceito ajuda, mas eu faço tudo sozinha’.

“Bem, isso funcionou até o lugar onde ela, nas últimas duas temporadas, se tornou alguém que pensa: ‘Enquanto eu tiver todas as informações, eu posso controlar o resultado’. O que não é verdade, e é incrivelmente egoísta, e isso a levou a não dizer a Jimmy que Lalo estava vivo e pensando que ela poderia lidar com isso”.

“Pensando que ela poderia de alguma forma mexer com a vida de Howard apenas no grau que ela queria e que de alguma forma nunca sairia do controle. Deixar de acreditar que ela é a árbitra de quem merece coisas boas, até também pensar que ela pode punir pessoas que merecem ser derrubadas”, ela ressaltou.

Rhea Seehorn em cena de Better Call Saul (Divulgação AMC)
publicidade

Conforme percebia que Kim se tornava uma pessoa cada vez mais sombria e manipuladora, Seehorn começou a prever um triste fim para ela.

“Eu sabia que estava ficando cada vez mais escuro, e eu sabia que este jogo delicado estava acontecendo de quem está influenciando quem. Quem está incitando a outra pessoa com Kim e Jimmy em algumas dessas cenas onde ela é um pouco relutante versus ele é um pouco relutante.

“Parecia ser cada vez mais ela [sendo] a que não estava relutante como passamos pela temporada, e eu tinha certeza que isso não ia acabar em felicidade”, ela concluiu.

publicidade

Os nove primeiros episódios da 6ª e última temporada de Better Call Saul estão disponíveis na Netflix, com mais episódios entrando semanalmente nas terças-feiras.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›