Tim Burton elogia atuação de Timothée Chalamet como Edgar Mãos de Tesoura

Timothée Chalamet no comercial da Cadillac (Foto: Reprodução / Youtube)

Neste último domingo (7), os fãs de Edward Mãos de Tesoura (1990) foram surpreendidos com um comercial da Cadillac durante o intervalo do Super Bowl. Nele, o ator Timothée Chalamet surgiu como Edgar, filho do personagem vivido originalmente por Johnny Depp no grande clássico.

Durante uma entrevista ao LA Times, o diretor e roteirista do filme original, Tim Burton, admirou a ideia criada e elogiou a atuação de Chalamet:

“É raro quando um trabalho do qual você se orgulha continua a viver e evoluí com o tempo, mesmo depois de 30 anos. Estou feliz em ver Edgar lidando com o novo mundo. Esse rapaz [Chalamet] é brilhante, ele conseguiu incorporar o personagem! Espero que aqueles que estão sendo apresentados a Edward Mãos de Tesoura pela primeira vez gostem do filme original.”

Winona Ryder reprisa seu papel do filme, Kim Boggs, que na propaganda é mãe do jovem Edgar. A estrela também participou da entrevista ao LA Times e contou sobre como foi atuar ao lado de Timothée:

“Fiquei realmente impressionada com ele e com o trabalho de todos criando o personagem. Ele é um rapaz tão bonito, tão talentoso, tão incrivelmente gentil e único. Escolheram a pessoa perfeita para personificar esse personagem.”

Timothée Chalamet e Winona Ryder no comercial da Cadillac (Foto: Reprodução / Youtube)

O comercial

A fim de demonstrar uma das funções de seu novo carro, a autonavegação, a marca automotiva Cadillac criou uma sequência do grande sucesso dos anos 90.

Chalamet estrela como Edgar, filho do personagem icônico, que herdou as mãos de tesoura de seu pai e toda a dor de cabeça que vêm com elas.

No comercial, o veículo Cadillac LYRIQ totalmente elétrico ajuda o jovem a assumir o volante com uma mão amiga de alta tecnologia. Confira:

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

No dia 14 de dezembro de 1990, Edward Mãos de Tesoura, escrito e dirigido por Tim Burton e estrelado por Depp, era lançado nos cinemas dos EUA e Canadá. No Brasil, a produção chegou apenas em 24 de maio do ano seguinte.

Formado em Criação e Produção Audiovisual. Frequentador assíduo das salas de cinemas e também colecionador há anos de filmes em DVD e Bluray. Atuou como produtor e editor do SBT e na redação de blogs e sites em geral. Atualmente, trabalha como redator do E-Pipoca.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›