Astro de The Boys faz a melhor análise sobre violência do Capitão Pátria

Antony Starr disse que está adorando mostrar as profundezas da loucura de seu personagem

publicidade

The Boys tem vários personagens bastante excêntricos, mas um deles se destaca desde o início da série por sua insanidade, é o Capitão Pátria, vividoAntony Starr.Ao falar da evolução do personagem ao longo de três temporadas, o ator disse que é como se ele estivesse passando pela puberdade.

Durante uma recente entrevista para o site americano Collider, o astro discutia a origem de toda a loucura de seu personagem, quando foi indagado se ele achava que o Capitão Pátria tinha consciência de onde vinha sua insanidade.

“Se eu acho que ele é autorreflexivo? Eu não acho que Capitão Pátria é o sujeito mais espiritualmente consciente. Acho que o cara está passando pelo que a maioria das pessoas passaria na puberdade, que é esse processo de auto-identificação, se libertando das figuras dos pais”, ele respondeu.

publicidade
Capitão Pátria (Antony Starr) em The Boys (Reprodução / Amazon)

O ator destacou como gostou de mostrar os mecanismos de defesa que seu personagem utilizou para passar por seus próprios traumas, por ser uma maneira tão distorcida de ele refletir sobre as coisas pelas quais passou e de lidar com elas.

“Mas uma coisa que era realmente muito divertida de fazer era olhar para o que Capitão Pátria criou em si mesmo e as ferramentas que ele criou e usou para passar por tempos difíceis. Há uma cena que é uma experiência diretamente reflexiva, quando vemos esse personagem que ele criou, quando menino, no espelho com quem ele tem uma conversa”, ele relembrou.

Capitão Pátria (Antony Starr) em The Boys (Reprodução)
publicidade

Ele ressaltou que, em seu ponto de vista, contextualizar os motivos de toda loucura de Capitão Pátria promove uma experiência melhor para os telespectadores.

“Foi muito divertido mexer com a mecânica interna desse cara. O que o fez do jeito que ele é e como ele lidou com isso? Ele só adiciona muito contexto ao personagem, e ao fazer isso, aprofunda a experiência para o público”, ele opinou.

publicidade

Starr finalizou insinuando que, no futuro, o público poderá ver mais ainda do personagem, com a série se aprofundando ainda mais nas raízes da insanidade dele.

“É sempre divertido encontrar um novo território com esse personagem, e neste caso, ver o quão profundo o buraco do coelho vai. Acho que também não chegamos ao fundo. Há camadas para pensar”, ele disse.

As três primeiras temporadas completas de The Boys estão disponíveis no Prime Video.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›