Showrunner de Chicago Fire explica situação de Casey e Brett e preocupa os fãs

Chicago Fire: Reprodução

O retorno da nona temporada de Chicago Fire não foi tão fácil para os fãs de alguns dos casais da série,  principalmente porque não foi só um, mas dois casais afetados.

Para começar, Casey e Sylvie Brett, após alguns amassos, tiveram uma conversa sobre a relação deles:

 “Meus sentimentos por você são reais, Sylvie, independentemente de Gabby”, disse Casey a ela que, rapidamente, respondeu: “Não há ‘independentemente de Gabby’. Esse é o ponto.”

Então, para deixar as coisas muito claras, Sylvie acrescentou: “O que aconteceu entre nós não pode acontecer novamente. Nunca mais.”

Assim, mesmo não querendo perder a amizade de Casey, Sylvie pediu que ele desse a ela “um pouco de espaço agora”, porque ela “não pode voltar a ser como as coisas eram” antes que eles se beijassem.

Posteriormente, Casey revelou a Severide que ele realmente não entrou em contato com sua ex-esposa por meses e disse: “Sylvie é a única em minha mente”.

Mas ela quer espaço, e a força de seus sentimentos é exatamente o motivo pelo qual ele precisa recuar. “Talvez seja o melhor,” Casey concluiu.

Severide, assim como o amigo Casey, também resolveu dar espaço a Stella ao invés de ajudá-la a estudar para seu exame de tenente como ele havia prometido.

A seguir, o showrunner Derek Haas responde a algumas perguntas sobre como ficarão os casais na série.

Ao ser indagado se Casey realmente conseguirá dar espaço a Sylvie, ele respondeu:

“Haverá mais alguns obstáculos nessa relação em termos de alguns novos personagens chegando no próximo episódio. Há uma expressão no rosto de Casey que você saberá quando a vir no episódio quatro.”

“Achei que Jesse Spencer fez um ótimo trabalho transmitindo muito com apenas um olhar… Isso não vai ser um mar de rosas por enquanto para nenhum dos dois.”, finalizou o showrunner.

Um Psicólogo que estuda Medicina, ensina inglês, toca piano, ama escrever e tem um gato. =P


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›