Scarlett Johansson revela maior desafio que encarou como Viúva Negra

publicidade

Após uma década de dedicação, Scarlett Johansson parece ter aposentado sua Viúva Negra, mas a atriz lembra com saudade da experiência, que, segundo ela revelou recentemente, lhe ofereceu um dos maiores desafios de sua carreira.

A atriz deu vida a heroína pela primeira vez em Homem de Ferro 2, onde Natasha Romanoff se infiltra na empresa de Tony Stark sob ordens da Shield, se passando por mais uma de suas assistentes, para observar e proteger o excêntrico milionário de perto.

Pois ela revelou em uma recente entrevista para a revista americana Vanity Fair, que foi justamente esse início como a personagem que lhe colocou diante um dos momentos mais desafiadores como atriz, pois ela não era preparada fisicamente para o papel.

“Foi um momento gigantesco para mim porque eu tinha, sei lá, 23 ou 24 anos quando fui escalada para o Homem de Ferro 2. Eu nunca tinha pisado em uma academia, e eu tinha cinco semanas para me preparar para essas enormes sequências de acrobacias. Naquela época, quando estávamos fazendo isso, há mais de uma década, foi antes de descobrirmos como ser mais eficientes no processo de filmagem de dublês, o que poderia ser entregue a outras pessoas dublês e o que o ator praticamente precisaria saber. Então eu estava fazendo essas enormes sequências coreografadas e eu não tinha nenhuma experiência anterior com nada disso. Foi apenas uma grande mudança de estilo de vida imediatamente após ser lançado”, ela contou.

publicidade
Viúva Negra (Scarlett Johansson) em Homem de Ferro 2 (Reprodução / Marvel)
Viúva Negra (Scarlett Johansson) em Homem de Ferro 2 (Reprodução / Marvel)

Ela, ainda, lembrou que foi graças ao excelente talento de seu preparador físico que sua vida mudou e ela passou a ter uma vida mais saudável, inserindo o exercício físico em seu dia-a-dia.

“Eu estava morando em L.A. na época, e eu fui para uma enorme, enorme, academia de cabeça de carne muscular. Eu não sabia como usar nenhum dos equipamentos. Quer dizer, eu estava tão intimidada. Felizmente eu tinha um ótimo treinador, esse cara, Bobby Strom, que estava treinando meu marido na época, Ryan [Reynolds]. E ele me levou sob sua asa e foi tão positivo, e realmente me fez entender o que era treinamento funcional. E eu nunca poderia voltar para o outro lado. Fitness é uma parte tão importante do meu bem-estar mental”, ela salientou.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›