Sandman enfrenta o Duque do Inferno em nova cena divulgada; confira

Série estreia na próxima semana na Netflix

publicidade

Uma nova cena de Sandman foi divulgada pela Netflix e mostra Sonho (Tom Sturridge) em confronto com Lúcifer (Gwendoline Christie).

O protagonista está no inferno para reivindicar seu Elmo dos Sonhos que, aparentemente, foi roubado por um demônio.

publicidade

Em uma cena tensa, Lúcifer pede a Sonho que diga o nome do demônio que pegou sua arma, mas ele consegue invocar o ser diabólico com sua areia.

O demônio, na verdade, é o Duque do inferno.

A cena pertence ao quarto episódio da série, que estreia na Netflix no dia 5 de agosto.

Veja o vídeo abaixo:

publicidade

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Neil Gaiman, criador da série, revelou que se inspirou em famoso cantor para a criação do personagem Lúcifer

publicidade

Sandman também teve seu painel na San Diego Comic-Con, no qual seu criador revelou que o cantor David Bowie foi sua verdadeira fonte de inspiração para a criação do personagem.

Na série, Lúcifer está sendo interpretado pela atriz Gwendoline Christie, conhecida por atuar em Game of Thrones.

“Lembro-me de encontrar algumas fotos de David Bowie e enviá-las para os artistas, e eu disse: ‘este é o visual que estamos procurando. É andrógino, é um anjo viciado.’ Gwendoline traz o anjo viciado em espadas!”, falou ele.

publicidade

A própria atriz revelou que ficava completamente encantada por retratar um personagem tão icônico na famosa adaptação.

“Sou algo único para o anjo viciado! Fiquei inacreditavelmente encantada por ser abordada sobre Sandman”, disse a atriz. “A conexão que senti com os criadores e o material realmente despertou algo em mim”. Ela continuou, “ser a própria essência do mal foi o momento mais delicioso!”

Gwendoline Christie como Lúcifer em The Sandman (Reprodução / Netflix)

Neil Gaiman quer adaptar história rejeitada da Marvel para o MCU

publicidade

Intitulada Marvel 1602, a minissérie foi lançada pela Marvel Comics em oito edições. Ela foi escrita pelo próprio Gaiman e desenhada por Andy Kubert.

Ainda na Comic-Con, o criador explicou que tem o desejo de que a trama tenha a oportunidade de ganhar vida nos cinemas.

A história acontece justamente no ano que lhe dá título, 1602, e se desenvolve dentro do Universo Marvel, com os heróis vivendo 400 anos antes da era atual.

publicidade

Gaiman já havia tentado adaptar a produção para os cinemas anteriormente, mas foi rejeitado.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›