Regina King fala da carreira e os problemas que as mulheres negras enfrentam

Regina King
Regina King (Divulgação)

Em uma entrevista, Regina King falou sobre sua carreira e como as mulheres negra são condicionadas na indústria do cinema.

Na matéria do The Hollywood Reporter, King foi questionada se está atingindo a grandeza. A atriz e diretora respondeu:

“É subjetivo. Há momentos em que sinto que sempre fui ótima. Em outros, sinto que não existe grandeza como algo definido”.

Ela continuou com sua análise:

“Sinto que, como mulheres negras, somos tão condicionadas a achar que não podemos querer ser excelentes. Se você nos dá uma pequena janela, vamos chutá-la para abrir e aproveitar o momento”.

Este tipo de comportamento para a atriz “às vezes pode ser recebido como tirar todo o ar da sala ou ‘nossa como ela é grande e tão barulhenta’”. E acrescentou:

“É também exatamente o que nos faz únicas; a história do que a mulher negra teve que suportar se tornou parte do nosso DNA”.

O próximo trabalho de Regina King é Shirley, uma cinebiografia sobre a primeira congressista negra dos Estados Unidos.

Trabalho recente

O trabalho mais recente de Regina King em uma produção cinematográfica é One Night in Miami, que estreou no Natal de 2020, ao qual King trabalhou como diretora.

No IMDb o longa metragem conseguiu a nota 7,2 / 10. Enquanto no Rotten Tomatoes alcançou 98% de aprovação da crítica e 83% de aprovação do público.

Confira abaixo alguns comentários:

“Toda a atuação aqui é notável” – Max Weiss, Baltimore Magazine.

“One Night in Miami … permite-nos ver esses homens além de como a história os escreveu – como figuras de pura ação e ideologia – e como algo mais relacionavelmente humano” – Clarisse Loughrey, Independent (UK).

“Os momentos finais de One Night in Miami … irão assombrá-lo e lembrá-lo: ainda há trabalho a fazer” – Roxana Hadadi, Pajiba.

“Um dos elementos cativantes deste filme de 110 minutos é o cenário de uma noite. Vemos os homens como eles eram então e somente então” – Stephen Romei, The Australian.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações e filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›