Promising Young Woman: Diretora defende final controverso do longa

Promising Young Woman (Divulgação)
Promising Young Woman (Divulgação)

Emerald Fennell, a diretora de Promising Young Woman, defendeu o polêmico final do thriller.

Em sua estreia na direção de longas-metragens, Fennell contou a história de Cassie Thomas (Carey Mulligan).

Outrora uma estudante de medicina com um futuro brilhante, a vida de Cassie dá uma guinada quando sua melhor amiga, Nina, é vítima de estupro.

Promising Young Woman, em última análise, narra a jornada de Cassie enquanto ela tenta se vingar do que aconteceu com sua melhor amiga.

Atenção! Spoilers abaixo

No terceiro ato decisivo do thriller que já está disponível em VOD, Cassie confronta Al Monroe (Chris Lowell), o homem que estuprou Nina. Nina algema Al a uma cama e Cassie começa a assustá-lo, possivelmente com a intenção de machucá-lo, embora não esteja claro se ela realmente planeja causar sérios danos físicos a ele.

Al finalmente se liberta. E, em uma cena terrivelmente longa, Al sufoca Cassie com um travesseiro. Ele preferia matá-la do que confessar seus próprios erros. O momento é chocante, em conflito com o tom anterior de Promising Young Woman.

Explicação da diretora para a controvérsia

Em uma entrevista para o Collider, a diretora elaborou o final de seu filme, apontando que a conclusão se encaixa na lógica da cena.

“E eu acho que houve, para mim certamente, o outro final seria Cassie assassinar todo mundo e depois ir para a cadeia pelo resto da vida e viver com aquele horror. Não houve final feliz para este filme. Tudo o que existe é alguém que precisa mostrar às pessoas, fazer justiça”.

“E ela faz isso, mas a um preço muito, muito alto. Eu não acreditava que uma mulher do tamanho de Cassie seria capaz de dominar fisicamente um homem muito forte. Todas essas coisas. E foi importante que interrogasse o mito da jornada de vingança”.

Os comentários de Fennell vieram como parte de uma resposta mais ampla sobre se Cassie via seu confronto com Al como uma missão suicida. A diretora argumenta que, embora Cassie não tivesse planejado ser assassinada, ela reconheceu que era uma possibilidade muito real.

Para muitos que assistiram a Promising Young Woman, o assassinato brutal de Cassie não combina com o tom triunfante da história.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações, filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›