Nosferatu: Diretor quer Willem Dafoe como protagonista do remake

publicidade

Recentemente Harry Styles anunciou que estava abandonando o projeto de Robert Eggers do remake do clássico de terror de 1922, Nosferatu, o que fez todos pensarem que o filme havia perdido seu protagonista, mas na realidade o cantor nunca foi o escolhido para o papel.

Eggers sonhou bem mais alto quando se fala da grande estrela de seu filme, conforme ele revelou em uma recente entrevista para o site americano Barra Film, onde admitiu que acha que a pessoa certa para o papel é Willem Dafoe.

“Nosferatu é um filme e uma história incrivelmente importantes para mim, então está sempre em minha mente. Se Willem… se Nosferatu for feito, é melhor que Willem esteja nele, porque eu adoro trabalhar com ele… mas você sabe, talvez ele interpretasse Ellen? Quem sabe?”, ele brincou sobre a possibilidade do astro de Homem-Aranha dar vida ao grande amor do vampiro.

publicidade

Dafoe não teria nenhuma dificuldade em dar vida ao Conde Orlok no remake de Eggers, já que o ator já viveu uma versão do personagem em Shadow of the Vampire, um filme lançado em 2000, que traz um relato fictício do diretor F.W. Murnau filmando Nosferatu, onde o diretor sem saber contrata um vampiro de verdade.

O astro também não teria problemas em trabalhar sob direção de Robert Eggers, que o dirigiu recentemente, no terror dramático O Farol (2020), onde ele interpreta Thomas Wake, papel que lhe rendeu prêmios de melhor ator coadjuvante.

Willem Dafoe em Shadow of the Vampire (Reprodução/Twitter)

Futuro incerto

Apesar da animação demonstrada pelo cineasta com a possibilidade de ter Willem Dafoe se juntando a ele no remake de Nosferatu, o projeto pode acabar nunca sendo desenvolvido, já que Eggers se mostrou bastante desanimado após a saída de Harry Styles.

“Cara, eu não sei. Ele caiu em pedaços duas vezes. Eu tenho tentado espalhar a palavra porque a palavra carregava que Harry Styles ia estar no filme. Só quero deixar claro que ele seria (Thomas) Hutter e não o próprio Nosferatu”, ele respondeu sobre o status do projeto em uma recente entrevista para o site americano indieWire.

publicidade

Ele chegou a insinuar que o diretor do filme original lançado em 1922, F.W. Murnau pode ter amaldiçoado seu remake por não aprová-lo.

“Tenho me esforçado tanto. E eu só me pergunto se o fantasma de Murnau está me dizendo, como: ‘você deve parar’”, ele desabafou.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›