Neil Gaiman quer adaptar história rejeitada da Marvel para o MCU

O roteirista idealizou uma série de quadrinhos que mostra os heróis da Marvel vivendo 400 anos atrás.

publicidade

Neil Gaiman, autor da série Sandman, da Netflix, revelou, durante a San Diego Comic-Com 2022, que deseja adaptar outra de suas histórias em quadrinhos para o Cinema ou Televisão.

Intitulada Marvel 1602, a minissérie foi lançada pela Marvel Comics em oito edições. Ela foi escrita pelo próprio Gaiman e desenhada por Andy Kubert.

publicidade

A trama se desenvolve no ano 1602, dentro do Universo Marvel e mostra os super-heróis vivendo quatrocentos anos antes da época atual.

Com isso, os personagens precisam entender o mistério por trás de sua própria existência ao mesmo tempo em que lidam com problemas na corte da rainha Elizabeth.
Vários heróis famosos, como Demolidor, Homem-Aranha e Quarteto Fantástico aparecem na trama.

Gaiman já havia tentado adaptar a produção para os cinemas anteriormente, mas foi rejeitado pela antiga liderança do estúdio. Sua esperança agora é que Kevin Feige aceite utilizar o material.

Marvel 1602 (Reprodução)

Neil Gaiman também revelou que se inspirou em famoso cantor para a criação do personagem Lúcifer

publicidade

Em participação no painel da série na San Diego Comic-Con, o roteirista e quadrinista contou ao público que boa parte da inspiração para a criação de Lúcifer veio do cantor David Bowie e suas expressões andróginas.

O personagem será interpretado pela atriz Gwendoline Christie, de Game of Thrones, na série.

publicidade

“Lembro-me de encontrar algumas fotos de David Bowie e enviá-las para os artistas, e eu disse: ‘este é o visual que estamos procurando. É andrógino, é um anjo viciado.’ Gwendoline traz o anjo viciado em espadas!”, falou ele.

A própria atriz revelou que ficava completamente encantada por retratar um personagem tão icônico na famosa adaptação.

“Sou algo único para o anjo viciado! Fiquei inacreditavelmente encantada por ser abordada sobre Sandman”, disse a atriz. “A conexão que senti com os criadores e o material realmente despertou algo em mim”. Ela continuou, “ser a própria essência do mal foi o momento mais delicioso!”

publicidade
Lúcifer e Sonho em Sandman (Reprodução / Empire)Lúcifer e Sonho em Sandman (Reprodução / Empire)

Autor também contou que a concorrência para o personagem principal foi assustadora

Gaiman disse que precisou assistir a pelo menos 1000 audições de atores que queriam ter a chance de interpretar o personagem Morpheus na adaptação.

Entretanto, quem realmente se deu bem foi Tom Sturridge, que explicou que ‘devorou’ os quadrinhos para ter tudo em sua memória durante os testes.

publicidade

Sandman estreia no dia 5 de agosto na Netflix.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›