Josh Harnett explica por que recusou cachê de 100 milhões de dólares

Josh Hartnett
Josh Hartnett no Entertainment Tonight (Reprodução)

O discreto e requisitado ator Josh Harnett recentemente abriu o jogo sobre ter recusado o papel de Superman, pelo qual haviam oferecido a ele 100 milhões de dólares.

Hartnett foi chamado para ser o Superman em 2002, onde viveria o homem de aço em três filmes, que teria a participação de J.J. Abrams como roteirista.

Na época o ator estava no seu auge e sendo observado de perto por estúdios e pela imprensa, o que o fazia se sentir desconfortável. Quando surgiu, Josh era a aposta dos estúdios para se tornar o novo Brad Pitt.

Esta experiência de ser controlado e perseguido pela imprensa foi o que fez Hartnett optar pelo estilo de vida mais calmo e com menos badalação que vive hoje em dia.

Por isso a opção por não gravar um filme que o deixaria completamente no spotlight fez muito sentido para ele.

“Uma vez, queria mascar chiclete em uma cena, e os executivos do estúdio decidiram que isso não era bom para minha imagem. Decidi ter uma vida fora de Hollywood. Isso sempre foi minha prioridade. Eu não queria ser um carreirista egocêntrico. Nunca serei essa pessoa….”, conta.

A trilogia acabou não sendo lançada, e o próximo filme sobre o super herói só aconteceu quatro anos depois, em 2006, com Brandon Routh no papel do homem mais forte do mundo.

O que pode ser um sinal que Josh estava certo em recusar a participar no filme e na sua decisão de fazer papéis com mais significado como na série Penny Dreadful.

Sobre o valor exorbitante do cachê, Hartnett diz:

“Na época, pareceu óbvio para mim recusar. […] Superman era um risco. Sim, havia muito dinheiro envolvido, mas dinheiro não é tudo. Já vi muitas pessoas se afogarem no dinheiro (…) Se essa é a sua verdadeira ambição, estar no topo o tempo todo, você vai passar a vida inteira olhando por cima do ombro (…) Quero fazer um bom trabalho com pessoas de quem gosto e passar meu tempo livre com pessoas de quem gosto.”

Sou uma mulher que sempre sonhou em viver de escrever. Amo tudo sobre cultura pop, cinema e TV…. Ah cerveja e gatos!


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›