Fox anuncia série de animação baseada no famoso jogo Detetive

Jogo Detetive (Foto: Divulgação / Estrela)

O clássico jogo de tabuleiro, Detetive (Clue, no título original), vai ganhar uma animação produzida pela Fox e Hasbro’s Entertainment One (eOne). De acordo com o site TheWrap, o presidente de entretenimento da Fox, Michael Torne, oficializou a série e afirmou estar ansioso com a produção.

“ ‘Quem matou foi o Coronel Mostarda com o castiçal na sala de estar’… Apenas ouvindo essa famosa frases você já sabe imediatamente o que elas significam – não deixando nenhum mistério sobre por que Detetive é um dos jogos de tabuleiro de propriedade intelectual mais amado de todos os tempos. Não poderíamos estar mais animados em desenvolvê-lo como uma série de animação junto com a eOne e Bento Box.”

Pancho Mansfield, presidente de programação com script global da produtora canadense eOne, acrescentou:

“Estamos entusiasmados por nos juntarmos mais uma vez com nossos grandes parceiros da Fox e Bento Box nesta nova série emocionante. Detetive é uma propriedade de suspense que exala mistério e intriga, com fãs ao redor do mundo. Mal podemos esperar para compartilhar nossa versão animada reinventada com o público.”

O jogo

Originalmente chamado de Murder!, Detetive foi lançado em 1949 pelo inglês Anthony E. Pratt, na Inglaterra, durante a Segunda Guerra Mundial para passar o tempo durante longos exercícios de ataque aéreo.

O jogo desafia os participantes a determinar quem de seis suspeitos assassinou a vítima do jogo, o Sr. Carlos Fortuna, com qual arma e em qual aposento. São seis suspeitos: Coronel Mostarda, Dona Branca, Senhora Pavão, Professor Plum, Reverendo Green e senhorita Scarlett, que podem ter cometido o crime com um castiçal, um pedaço de cano, chave inglesa, corda, faca ou revólver.

Filme Clue (1985) (Foto: Reprodução)

A animação não é a única produção baseada em Detetive que circula por Hollywood. A Paramount lançou uma versão cinematográfica de Clue como uma comédia misteriosa em 1985 com Jonathan Lynn na direção.

O filme, estrelado por Tim Curry, Eileen Brennan, Madeline Kahn, Christopher Lloyd, Michael McKean, Martin Mull e Lesley Ann Warren tornou-se um clássico cult e apresentava três versões alternativas, cada uma com um final diferente.

Formado em Criação e Produção Audiovisual. Frequentador assíduo das salas de cinemas e também colecionador há anos de filmes em DVD e Bluray. Atuou como produtor e editor do SBT e na redação de blogs e sites em geral. Atualmente, trabalha como redator do E-Pipoca.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›