Fim da espera! Séries da Marvel feitas para a Netflix chegam ao Disney+

Produções foram retiradas do streaming concorrente assim que o contrato expirou.

publicidade

Os fãs da Marvel já podem comemorar, pois o Disney+ liberou, nessa quarta-feira (19), as séries Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage, Punho de Ferro, Defensores e O Justiceiro, para os seus assinantes.

As séries foram produzidas originalmente pela Marvel Television e ABC Studios em parceria com a Netflix, que manteve seus direitos de exibição até o final de 2021.

publicidade

Com o fim do contrato, as produções foram movidas para o catálogo do Disney+, que já abriga a maior parte do conteúdo Marvel, exceto aquele que é de propriedade da Sony.

Charlie Cox como Matt Murdock / Demolidor (Reprodução / Netflix)

Controle parental será exigido para ver as séries

Vale lembrar que os assinantes do Disney+ aqui na América Latina precisaram atualizar o controle parental seus perfis caso desejem acessar todo o catálogo disponível na plataforma.

Isso porque, a partir de agora, há conteúdos que incluem classificação 16+ e 18+.

publicidade

Para restringir o conteúdo inadequado a crianças, os pais poderão controlar o acesso através de um PIN de bloqueio. As opções só poderão ser alteradas por meio desse código.

Charlie Cox como o Demolidor e Krysten Ritter como Jessica Jones
Charlie Cox como o Demolidor e Krysten Ritter como Jessica Jones (Divulgação / Netflix)

Demolidor no Disney+ | Produtora revela quais HQs serviram de inspiração para nova série

publicidade

A Marvel já anunciou a produção de uma nova série do Demolidor para o Disney+, que trará o protagonista Charlie Cox no papel principal. Com isso, os fãs já estão curiosos para saberem quais serão os quadrinhos que inspirarão a produção.

Por isso, a produtora da série, Sana Amanat, em entrevista ao Murphy’s Multiverse, falou mais sobre a produção, que deve iniciar as filmagens ainda este ano.

Segundo ela, não seria surpresa se as histórias fossem mais alto astral do que a original.

publicidade

“Eu não vejo por que não! A corrida de Mark Waid foi bastante seminal. Nós nunca vimos esse tipo de história e eu amo a reviravolta nisso e foi uma visão tão inesperada do personagem. Da mesma forma, eu gostaria. Não se surpreenda se eles fizeram algo assim no MCU. Por que não? Nós gostamos de correr riscos e essa é a parte divertida de explorar várias histórias. Então talvez”, declarou.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›