Felicity Jones responde se aceitaria novamente seu papel de O Espetacular Homem-Aranha 2

Felicity Jones (Reprodução)
Felicity Jones (Reprodução)

Quando Felicity Jones foi escalada para O Espetacular Homem-Aranha 2 foi dito que um membro da equipe sugeriu que sua personagem se chamasse Felicia para abrir a porta para a personagem Gata Negra um dia aparecer!

Seu papel na sequência foi mínimo, embora houvesse rumores na época de que a personagem poderia vir a se tornar a Gata Negra em Sexteto Sinistor ou O Espetacular Homem-Aranha 3, servindo como um aliada para o cabeça de teia.

Até o momento, a Gata Negra ainda não fez sua estreia na tela grande. Mas a Sony tem ideias para vários projetos para os personagens do universo do Homem-Aranha e ainda há esperança da anti-heroína aparecer num futuro.

Durante uma recente entrevista com Collider, Felicity Jones deixou claro que ainda é um papel que a interessa.

“[O que] eu sempre gostei naquela personagem foi a fisicalidade. Achei que seria incrível explorar esse lado da personagem. Gata Negra tem uma maneira incrível de se mover e é isso que me deixou muito animada. Quer dizer, acho que é um papel fabuloso e, sim, seria incrível se fizessem”.

Felicity Jones ganhou destaque por interpretar Jyn Erso em Rogue One: Uma História Star Wars. Entre seus outros trabalhos estão A Menina do Chalé e A Teoria de Tudo.

Recepção da crítica

Confira abaixo o que os críticos já disseram sobre O Espetacular Homem-Aranha.

“Com diálogos apavorantes, humor pastelão, alguma estética bizarra e momentos cafonas em abundância (toque do tema do Homem-Aranha de Peter ou Spidey batendo em Electro ao som de “Incy Wincy Spider”), esta é a franquia Batman e Robin do Homem-Aranha” – Josh Wilding, ComicBookMovie.com.

“O Espetacular Homem-Aranha 2 não é o filme perfeito do Homem-Aranha” – Richard Propes, TheIndependentCritic.com.

“Cheio de enredo e, conseqüentemente, luta para investir no público em qualquer um deles, uma vez que há muito para fazer e tantos futuros filmes e spinoffs para montar” – David Sims, The Atlantic.

“Apesar dos esforços de Electro, a franquia está com um nível chocantemente baixo de energia.” – Anthony Lane, New Yorker.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações e filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›