Ex-mulher de Armie Hammer, Elizabeth Chambers, se pronuncia sobre escândalo envolvendo ator: “devastada”

Elizabeth Chambers: (Reprodução YouTube)
Elizabeth Chambers e Armie Hammer: (Reprodução/ YouTube)

A ex-mulher do ator Armie Hammer, Elizabeth Chambers, se pronunciou em relação às denúncias de estupro e canibalismo que ele vem sofrendo desde que alguns prints envolvendo uma suposta conversa dele com uma mulher não identificada começaram a circular pela internet.

Na conversa, ele teria dito que era 100% canibal e que queria tomar o sangue dela.

Agora, Elizabeth, que foi casada com Hammer entre os anos de 2010 e 2020, escreveu:

“Há semanas venho tentando processar tudo o que aconteceu. Estou chocada, com o coração partido e devastada. Estou ouvindo e continuarei a ouvir e me educar sobre esses assuntos delicados. Eu não percebi o quanto eu não sabia”, escreveu ela em sua publicação no Instagram.

“Apoio qualquer vítima de agressão ou abuso e exorto todos que já passaram por essa dor que busquem a ajuda de que precisam para se curar”, continuou ela em sua publicação.

Ela também aproveitou para deixar claro que não tinha a intenção de continuar comentando sobre esse assunto principalmente por conta dos dois filhos que possui com o ator: Harper Grace, de 6 anos, e Ford, de 3 anos.

“Obrigada por todo o amor e apoio, e agradeço antecipadamente por sua contínua bondade, respeito e consideração por nossos filhos e por mim enquanto encontramos maneiras de seguir em frente”, disse ela.

Acusações de Courtney Vucecovich

Há alguns dias, a empresária Courtney Vucecovich, ex-affair de Armie Hammer, o acusou de canibalismo dizendo que ele desejava comer suas costelas como churrasco.

“Ele me disse que queria quebrar minha costela, fazer um churrasco e comer. Foi muito estranho, mas você não pensa naquilo de novo. Ele dizia ‘queria arrancar um pedaço seu’. Se eu tivesse um corte na minha mão, ele lambia. Mas não ficava mais estranho do que isso”, revelou ela.

“Eu não me sentia segura. Ele transforma a relação em algo tipo ‘eu vou te ensinar tudo’. Eu sou mais esperta do que isso, mas não na hora. Eu sempre soube, eu tinha essa sensação de que alguma coisa não estava certa, que ele não estava bem”, afirmou.

Um Psicólogo que estuda Medicina, ensina inglês, toca piano, ama escrever e tem um gato. =P


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›