Diretor de Armadegom teve péssima experiência com Bruce Willis, mas passa pano por causa da doença

publicidade

Diretor de filmes de ação, Michael Bay abriu o jogo sobre o seu trabalho com Bruce Willis em Armagedom. Willis, anunciou na semana passada que iria se aposentar devido à afasia, doença que provoca dificuldade de comunicação. Com isso, vários atores e profissionais de Hollywood começaram a falar de suas experiências com o astro.

Bruce estrelou Armagedom em 1998 ao lado de Ben Affleck e Liv Tyler, e embora o filme tenha sido criticado na época, ainda conseguiu ser um sucesso de bilheteria, arrecadando 553 milhões de dólares em todo o mundo. E também marcou a carreira de Michael Bay.

publicidade

“Bruce era uma verdadeira estrela. Uma verdadeira estrela de cinema. Ele foi um pouco combativo no começo porque não confiava em mim”, disparou Bay em nova entrevista ao canal Jake’s Takes no YouTube.

Bruce Willis em Armagedom (Reprodução)

“Eu ainda era jovem. E Jerry Bruckheimer, meu produtor, disse: ‘Mostre-lhe algumas imagens’. Mostrei-lhe algumas imagens e… ele adorou. E adorei trabalhar com Bruce. Ele é muito engraçado. Ele é ótimo em improvisação e ele realmente comanda a tela. É apenas uma notícia triste e eu ouvi isso ontem”.

Esse não foi o primeiro diretor a ter experiências ruins com Willis por seu comportamento de diva. Anteriormente Kevin Smith havia criticado o ator justamente por seu gênio ruim, mas voltou atrás semana passada ao dizer que suas reclamações foram mesquinhas.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›