Cena que revela verdade sobre Titanic foi deletada do filme

Cena de Titanic (Divulgação)
Jack (Leonardo DiCaprio) e Rose (Kate Winslet) em Titanic: (Divulgação)

Com Titanic, James Cameron conseguiu feitos memoráveis para a história do cinema mundial.

O filme contou a história do transatlântico construído para nunca afundar que foi palco de uma das maiores tragédias da humanidade em sua viagem inaugural.

Entretanto, há alguns detalhes que foram propositalmente excluídos da produção no seu corte final.

O fato é que, naquela noite fatídica, o Titanic não estava sozinho no Atlântico, pois a cerca de 20 milhas de distância estava o RMS Californian, que havia parado durante a noite, muito mais perto do que o próprio Carpathia, que foi o navio que prestou socorro ao Titanic.

A embarcação californiana foi deixada de fora da edição final do filme de Cameron.

Na cena que foi deletada da versão final, a operadora sem fio do Californian sinaliza para o Titanic a presença dos icebergs na região. Mas eles simplesmente não deram nenhuma resposta à mensagem já que estavam recebendo inúmeras mensagens de passageiros ricos reclamando que teriam que ficar a noite inteira acordados.

No fim das contas a operadora do Titanic disse ao navio californiano que calasse a boca, e eles desligaram sua comunicação sem fio durante a noite inteira desconsiderando o aviso. Esse erro foi fatal naquela noite.

A cena excluída não está longe da realidade, pois isso aconteceu de verdade. O operador Jack Phillips, do Titanic, na vida real, estava tão estressado com a quantidade de mensagens que não percebeu que aquela era importante e ignorou o aviso do Californian.

Posteriormente, o Titanic enviou a mensagem S.O.S. (Save Our Souls, que significa Salve Nossas Almas, em inglês), mas não houve comunicação com o navio da Califórnia, que estava com seu escritório fechado durante a noite.

Eles até viram os sinalizadores, mas o capitão presumiu que eram foguetes da empresa que tinham o objetivo de sinalizar navios da mesma linha.

Se eles tivessem ido ao encontro dos passageiros do Titanic, a história naquela noite teria sido diferente.

Como é um filme longo, James Cameron decidiu retirar essa cena e se concentrar apenas na tragédia que estava acontecendo dentro do Titanic e, à medida que o filme seguia na pós-produção, ele decidiu que seria melhor não dar esse foco ao californiano, sacrificando a precisão histórica para contar sua história como desejava.

O diretor também já falou que não tem a intenção de lançar uma outra versão com essas cenas, pois acredita que essa já é sua versão final.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›