Caracterização de Cuca em Cidade Invisível da Netflix é criticada na internet

Cuca no pôster Cidade Invisível (Montagem: Divulgação Netflix / Guilherme Moreira)
Cuca no pôster Cidade Invisível (Montagem: Divulgação Netflix / Guilherme Moreira)

Cidade Invisível é a nova produção original brasileira da Netflix, estrelada por Marco Pigossi e Alessandra Negrini.

Criado pelo indicado ao Oscar, Carlos Saldanha (das franquias Rio e A Era do Gelo), a história acompanha os esforços de um fiscal ambiental (Pigossi) para descobrir os reais motivos da morte de sua esposa – que parecem estar ligados diretamente ao surgimento do boto-cor-de-rosa na praia. Correndo contra o tempo para salvar sua família, ele acaba se deparando com seres mitológicos do folclore brasileiro, como Curupira e Cuca, durante a investigação.

Após a divulgação do trailer, os internautas demonstraram insatisfação com a caracterização da bruxa Cuca (Negrini), que na produção assume uma figura humana, e não a de um jacaré.

Tal rejeição se deve, provavelmente, pelo fato da vilã ter ficado marcada na memória das pessoas em suas aparições no Sítio do Picapau Amarelo, série infantil baseada nos livros de Monteiro Lobato, onde a personagem era um réptil falante.

Porém, na mitologia original, a Cuca é detalhada como uma velha bruxa. Confira as principais reações postadas nas redes sociais:

Com estreia marcada para 5 de fevereiro na gigante do streaming, Cidade Invisível é inspirada numa história desenvolvida por Carolina Munhóz e Raphael Draccon e conta com Mirna Nogueira como roteirista-chefe e direção de Luis Carone e Julia Jordão.

Além de Pigossi (da novela A Força do Querer), que atua em seu terceiro trabalho na Netflix e Negrini (da novela Anjo Mau), a série ainda conta com Julia Konrad (de Malhação: Seu Lugar no Mundo), Fábio Lago (de Tropa de Elite), Jéssica Córes (de Brasil Imperial), Tainá Medina (de O Doutrinador), Manu Diegues (da novela Carinha de Anjo) e Wesley Guimarães (de Irmandade) no elenco.

Confira, abaixo o trailer da produção:

Formado em Criação e Produção Audiovisual. Frequentador assíduo das salas de cinemas e também colecionador há anos de filmes em DVD e Bluray. Atuou como produtor e editor do SBT e na redação de blogs e sites em geral. Atualmente, trabalha como redator do E-Pipoca.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›