Estrela internacional, Alice Braga diz que Cidade de Deus lhe abriu as portas em Hollywood

Foto divulgação Cidade de Deus
Leandro Firmino e Alice Braga em Cidade de Deus (Reprodução)

Alice Braga nasceu em uma família de estrelas, sobrinha de Sônia Braga e filha de Ana Braga, a atuação foi parte do seu desenvolvimento.

Ela chegou a tentar a carreira na área de comunicação, mas abandonou a faculdade para investir na carreira de atriz.

No entanto, na adolescência já havia buscado papéis na TV e feito algumas publicidade. Em 1998, Alice estreou o cinema. Mas o verdadeiro impulso para a sua carreira veio com Cidade de Deus, de 2002.

Hoje Alice estrela produções de Hollywood, como O Esquadrão Suicida e também é protagonista de uma série gringa, A rainha do Sul.

No cinema brasileiro a atriz coleciona no currículo filmes mais não tão hypados como o Cheiro do Ralo, e outros como Cidade Baixa.

Escalada para o filme Os Novos Mutantes, ela tem algumas ponderações sobre como chegou até aqui:

“Foi o filme que me abriu portas para ter uma agente, começar a fazer testes… O Cidade de Deus abriu a porta, mas eu tive de ralar muito nos testes e manter a porta aberta….”

No ano passado o próprio diretor de Cidade de Deus, Fernando Meirelles disse que foi o filme que de fato abriu as portas no exterior para a atriz. Mas ela mesma afirma que o longa, que chegou a concorrer ao Oscar em quatro categorias, foi um chamariz para todos os que puderam agarrar a oportunidade.

“Todo mundo que estava envolvido, como eu, o Fernando [Meirelles], o Daniel Rezende, o César Charlone… E quem mais pôde agarrar essa oportunidade de conseguir um agente, fazer reuniões para outros trabalhos. É um filme que abriu muitas portas….”

Outros projetos

Saiba quem é quem no filme O Esquadrão Suicida

Alice está prevista para estrear mais filmes estrangeiros, a começar por O Esquadrão Suicida, de James Gunn. Sua personagem Sol Soria, conforme os quadrinhos da DC, é uma criminosa que se oferece para trabalhar com o Esquadrão, e para se igualar aos heróis (que ela sempre sonhou ser), começa a injetar substâncias no próprio corpo.

Sou uma mulher que sempre sonhou em viver de escrever. Amo tudo sobre cultura pop, cinema e TV…. Ah cerveja e gatos!


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›