007, Velozes e Furiosos 9, Viúva Negra e outros filmes podem ser adiados novamente

(Divulgação)

A indústria cinematográfica enfrentou grandes problemas no ano passado devido à pandemia do novo coronavírus (COVID-19). Grandes estúdios cancelaram as estreias de seus filmes, adiaram ou apostaram suas fichas no lançamento direto em plataformas de streaming.

Segundo reportagem da Variety, os impactos do vírus em relação aos lançamentos nas telonas vão se estender para 2021.

Com os lockdowns retornando devido à chegada de uma 2ª onda do vírus e aproximadamente 65% dos cinemas fechados nos Estados Unidos, os estúdios lidam com dificuldades de distribuição.

Mesmo com a aplicação das vacinas, as melhorias levarão um tempo para serem sentidas e, por esse motivo, blockbuster devem ser reagendados mais uma vez para não sofrerem fracasso de bilheterias, como aconteceu, por exemplo, com TENET, que não alcançou sequer o valor necessário para cobrir o orçamento.

Jared Leto em cena de Morbius, o Vampiro Vivo (Divulgação)

Morbius, o Vampiro Vivo, um dos filmes mais aguardados para o primeiro quadrimestre do ano, seja um dos principais títulos a serem adiados. Após o enorme sucesso de Venom, outra obra derivada do universo Homem-Aranha da Sony Pictures (que arrecadou mais de US$850 milhões ao redor do mundo), o spin-off de Morbius tem a missão de fazer bonito nas bilheterias.

Com isso, é provável que o longa estrelado por Jared Leto, seja lançado somente quando o mercado estiver reaquecido.

Ambos da Universal Pictures, 007 – Sem Tempo para Morrer e Velozes e Furiosos 9, cujos orçamentos ultrapassam US$250 milhões, não podem correr o risco de serem lançados em serviços de streaming e obterem baixo retorno financeiro. Com isso, os filmes devem ganhar, novamente, novas datas de estreia.

O novo James Bond teve sua estreia adiada por duas vezes e, agora trabalha com o lançamento para 2 de abril de 2021, enquanto Velozes & Furiosos está marcado para chegar às telonas em 28 de maio. A Universal ainda não se pronunciou sobre as possíveis mudanças.

Viúva Negra, agendado para o dia 29 de abril, também tem um destino indefinido e pode ser prejudicado pela atual situação dos cinemas. A Marvel e a Disney ainda não manifestaram mudanças em relação à estreia do filme da heroína.

Formado em Criação e Produção Audiovisual pelo CBM (Centro Universitário Barão de Mauá). Frequentador assíduo das salas de cinemas, é também colecionador há anos de filmes em DVD e Bluray. Atuou como produtor e editor do SBT e na redação de blogs e sites em geral. Atualmente, trabalha como redator do E-Pipoca.


SIGA-NOS E VEJA MAIS