Zack Snyder conta que Warner ainda não viu sua versão de Liga da Justiça

Liga da Justiça
Liga da Justiça (Divulgação)

É grande a expectativa para a Liga da Justiça de Zack Snyder, filme que vai chegar em formato de minissérie dividido em quatro episódios no ano que vem pelo serviço de streaming HBO Max.

A história que deveria ter ido aos cinemas em 2017 porém, ainda não foi assistida por um dos maiores interessados comerciais nela: a Warner Bros.

O diretor revelou durante uma entrevista no Film Junkee, que os executivos do estúdio não conheceram a versão completa de seu projeto, e assistiram apenas sua versão que iria para os cinemas, que tinha cerca de duas horas de duração.

“O estúdio viu meu corte cinematográfico, o corte do diretor, mas mesmo essa versão ainda é menor do que a que estamos fazendo no HBO Max. Mas, sim, as duas são minhas. O corte de quatro horas basicamente era aquele onde eu pensava, ‘Acho que isso aqui vai ser além do que o estúdio quer.’ Então, a ordem sempre foi, ‘Deixe com duas horas.’ Não podia mostrar a versão de quatro horas. Se eu tivesse feito isso, não sei qual teria sido a reação”, disse ele.

“Minha ideia original era que o filme fosse dividido em duas partes. Você exibiria a Parte 1 com duas horas, e depois de um mês, a Parte 2 estrearia, também com duas horas”, contou ele.

Liga da Justiça mostrará os acontecimentos em tornos dos heróis Superman, Batman, Mulher Maravilha, Flash, Cyborg e Aquaman logo depois da morte do Homem de Aço em Batman vs. Superman: A Origem da Justiça.

Segundo o próprio diretor, o enredo não é igual ao filme que foi apresentado ao público em 2017 dirigido por Joss Whedon, e o coração da história é Victor/ Cyborg, interpretado por Ray Fisher e que teve a maioria de suas cenas cortadas na versão oficial.

Comunicólogo balzaquiano, paulistano, e com experiência vasta nesse mundo virtual. Adorador de séries, filmes, quadrinhos, e tudo o que envolve a cultura pop.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›