Zac Efron quase perdeu papel em Chamas da Vingança por causa de High School Musical

Diretor revelou que por apenas conhecer Zac Efron como ídolo adolescente quase não o contratou para Chamas da Vingança

publicidade

Em uma entrevista para a revista especializada Total Film, o diretor Keith Thomas revelou que quase não contratou Zac Efron para a nova adaptação de Chamas da Vingança, por conhecer o ator apenas como ídolo adolescente de High School Musical.

“Para o Zac… Imediatamente pensei nele como um tipo de ídolo adolescente, apesar de ter visto ele em Ted Bundy e outros papéis. Mas quando tive a primeira reunião com ele… Bom, ele está na faixa dos 30, e estava muito interessado em fazer algo diferente; algo de um gênero com o qual ele nunca trabalhou e interpretar um pai.”

publicidade

Chamas da Vingança é um filme que adapta um das histórias de Stephen King, que mostra um garota com poderes pirocinéticos, cuja família luta para protegê-la de pessoas que querem capturar ela e usar seus poderes.

O elenco inclui Zac Efron, Ryan Kiera Armstrong, Sydney Lemmon, Michael Greyeyes, Gavin Maciver-Wright, Kurtwood Smith e John Beasley.

O filme tem direção de Keith Thomas e foi lançado no dia 19 de maio de 2022.

Recepção da crítica

Zac Efron como Andy McGee em Chamas da Vingança (Reprodução)
Zac Efron como Andy McGee em Chamas da Vingança (Reprodução)
publicidade

Chamas da Vingança (2022) conseguiu 11% de aprovação dos críticos e 47% de aprovação do público. Confira alguns comentários:

“Há esse senso de urgência sentido em todo este Chamas da Vingança desde o início, mas, como resultado, isso significa que nunca teremos a chance de nos estabelecer com os McGees, o que parece uma oportunidade perdida aqui, considerando o elenco envolvido” – Heather Wixson, Daily Dead.

publicidade

“Na história de más adaptações e remakes, isso é quase impressionante em quão desaconselhável todo o projeto é. Ruim com todas as marcas de verificação críticas possíveis, este é um constrangimento que me deixou com raiva” – Erik Childress, Movie Madness Podcast.

“Algumas performances sólidas e algumas boas cenas levantam algumas expectativas de que este remake pode superar o original, mas no final o filme joga tudo fora em favor de um final ridículo adicionado para configurar uma sequência que ninguém quer” – Steve Biodrowski, Cinefantastique.

“Zac Efron parecendo tão entediado que o sangue escorre de seus olhos, vestindo a história de King de 1980 como um conto de super-herói e tendo seu protagonista pirocinético dizendo ‘mentiroso, mentiroso, calças pegando fogo’ quando ela está incendiando alguém não é uma receita para acender a magia do filme” – Sarah Ward, Concrete Playground

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›