Warner Bros está brincando com fogo, alertam executivos de Hollywood

Gal Gadot como Diana em Mulher Maravilha 1984
Gal Gadot como Diana em Mulher Maravilha 1984 (Divulgação)

Nenhuma notícia nos últimos anos estremeceu Hollywood tal qual a decisão da Warner Bros de lançar simultaneamente seus títulos nos cinemas e em streaming. Agora, executivos da indústria apontam os riscos.

A pandemia do novo coronavírus obrigou todos os setores da sociedade a se adaptar às mudanças causadas pelo distanciamento. O ramo do entretenimento foi um dos que mais saiu prejudicado, com as gravações de filmes e séries sendo adiadas ou canceladas.

Isso sem falar dos cinemas, que fechados há meses, constituem uma das últimas atividades que a população está disposta a retomar antes que as vacinas tenham sido disponibilizadas.

Diante disso, a decisão da Warner Bros de lançar suas produções na tela grande e no seu serviço de streaming, o HBO Max, no mesmo dia, causou a ira de muitos. O estúdio declarou:

“Com este plano único de um ano, podemos apoiar nossos parceiros em exibição com um fluxo constante de filmes de classe mundial, ao mesmo tempo que oferecemos aos cinéfilos que podem não ter acesso aos cinemas ou não estão prontos para voltar ao cinema”.

Brincando com fogo

Para alguns executivos de Hollywood, porém, a decisão não foi acertada. De forma anônima, eles deram sua opinião à Variety.

“Acho que os cinemas vão ter que virar lojas de Halloween então”, disse um. “Não há dúvida de que a WarnerMedia está aproveitando este momento pandêmico e tomando uma decisão para o futuro de sua empresa priorizando o streaming. A questão é: a que custo para essa forma de arte?”, questionou outro.

“[a Warner] saiu com facilmente $2 bilhões em ativos embrulhados para presente para a HBO Max, que não terá absolutamente nenhum retorno”, apontou um dos especialistas, se referindo aos ingressos de cinema de filmes caríssimos como Duna, Mulher Maravilha 1984 e Esquadrão Suicida que o estúdio perderá.

Os resultados de tudo isso, poderemos acompanhar dentro de alguns meses.

Museóloga e Marketeira de formação. Assistia filmes ao invés de brincar na rua. Adora ir ao cinema sozinha. Uma vida consumindo cultura pop.


SIGA-NOS E VEJA MAIS