Wanda será responsável pela entrada do Sexteto Sinistro no MCU

Wanda (Elizabeth Olsen) em Vingadores: Era de Ultron (Reprodução / Marvel)
Wanda (Elizabeth Olsen) em Vingadores: Era de Ultron (Reprodução / Marvel)

Até o momento Elizabeth Olsen não foi reportada como tendo um grande papel em Homem-Aranha: Longe da Casa, mas há rumores de que ela fez uma pequena aparição no longa.

Sua participação pode ser tão comum como praticamente qualquer personagem em um filme da Sony ou da Marvel Studios envolvendo o criador de teias.

Independente da presença de Olsen ou não, o terceiro filme solo de Tom Holland será o capítulo do meio de uma trilogia multiversal, emaranhada com a narrativa de WandaVision e Doutor Estranho no Multiverso da Loucura.

Então, mesmo que A Feiticeira Escarlate não apareça pessoalmente durante No Way Home, a presença dela ainda estará em todos os traços gerais da trama.

Claro, a maioria das especulações mais recentes em torno do projeto do MCU girou em torno do Sexteto Sinistro, com três membros cada ambos caminhando na linha do tempo de Sam Raimi e Marc Webb. Porém, a novidade que circula na imprensa no momento é que o que Wanda será responsável por eles entrarem no MCU.

De acordo com  o site We Got This Covered Wanda dá a dica sobre o multiverso na cena pós-créditos de WandaVision, onde a heroína mais poderosa da franquia ouve seus filhos chamando por ela de uma realidade diferente. Sendo assim, a Feiticeira Escarlate  rasgue o multiverso para tentar encontrá-los.

O efeito borboleta causado pelas atitudes de Wanda enfraqueceria as barreiras entre os diversos universos, permitindo que Duende Verde, Homem-Areia, Doutor Octopus, Lagarto, Electro e Rhino abram caminho até a linha do tempo atual. Por isso os personagens causariam sérios problemas para Peter Parker.

Tudo isso faria como que o Homem-Aranha, protagonista do longa, se envolvesse em uma confusão no seu próprio multiverso para tentar igualar as probabilidades a seu favor.

Sobre o Filme

Tom Holland como Homem Aranha (Divulgação)

Homem-Aranha: Longe da Casa   aconteceu depois de um período em que parecia que a Sony e a Disney poderiam ter encerrado sua colaboração contínua. Porém, o criador de teias estará de volta no que deve ser o filme mais ambicioso da série até então.

Ainda que muitas informações sobre o projeto aparentemente tenham vazado, ainda há muito sobre o longa que ainda não foi revelado. Por isso estas informações sobre uma suposta participação de Olsen na narrativa do longa ainda esperam ser confirmadas.

O longa será lançado em 17 de dezembro de 2021, assumindo que não haja atrasos na produção. Este será o último lançamento no  ano repleto de filmes do MCU, como Viúva Negra, Os Eternos e Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis, todos programados para chegar às telas antes dele.

Sou uma mulher que sempre sonhou em viver de escrever. Sou redatora especialista em cultura pop, cinema, streaming e TV. Você pode me encontrar no Twitter como @MoniquePop2.

Veja mais ›