Voldemort poderia ter saído vencedor no lugar de Harry Potter não fosse por um detalhe

Se Neville Longbottom fosse o Escolhido, a vida de Voldemort teria sido diferente

Apesar de uma profecia da professora Trelawney ter dado a entender que Neville Longbottom poderia ter sido O Menino Que Sobreviveu, no lugar de Harry Potter, existe uma teoria que prova que não teria funcionado mesmo se o atrapalhado garoto tivesse sido o escolhido.

Como Neville poderia ter sido o escolhido?

Sibila Trelawney revelou sua profecia durante a entrevista com Dumbledore para o cargo de professora de Adivinhações.

Ela falou que uma criança nascida no final do mês de julho de 1980 seria capaz de derrotar o Lorde das Trevas, mas não seria qualquer criança.

Ele seria filho de pais que já haviam desafiado o Lord das Trevas e sobrevivido três vezes. O menino teria poderes que Voldemort não conseguiria compreender, e Voldemort o escolheria como seu igual.

Justamente a escolha de Voldemort era o que colocaria a profecia em movimento e significaria que nenhum deles poderia viver enquanto o outro sobrevivesse, o que Harry só foi descobrir em Harry Potter e as Relíquias da Morte.

Mathew Lewis
Harry Potter (cena do filme)

Severo Snape foi quem transmitiu a profecia a Voldemort, porém, ele só ouviu a primeira parte dela.

Com isso, Voldemort supôs que Harry Potter era o menino e nem sequer considerou Neville como uma opção.

Neville nasceu um dia antes de Harry, e como seus pais faziam parte da Ordem da Fênix, eles desafiaram Voldemort, o que significava que ele se encaixava na descrição da profecia e poderia ter sido O Escolhido.

Além disso, Voldemort não sabia da segunda metade da profecia que falava que somente um dentre ele mesmo e o Escolhido poderia sobreviver.

Voldemort agindo de acordo com a profecia é a única razão pela qual um deles teve que morrer e se ele tivesse ignorado, então ele não estaria ligado a Harry Potter.

Por que Neville não poderia ser O Menino Que Sobreviveu em Harry Potter?

Embora Neville pudesse ter sido o Escolhido, ele não teria sobrevivido ao ataque de Voldemort.

A razão pela qual Harry Potter foi capaz de sobreviver à maldição da morte foi por causa do sacrifício de sua mãe.

É óbvio que qualquer pai ou mãe se sacrificariam por seu filho, e Tiago Potter morreu alguns minutos antes de Lílian para tentar salvar o filho e a esposa, mas não foi isso que provocou o feitiço de proteção que salvou Harry e o impediu de ser morto por Voldemort.

Matthew Lewis como Neville Longbottom em Harry Potter (Reprodução / Warner Bros.)

A razão pela qual Harry foi capaz de sobreviver à maldição da morte é que Lílian Potter tinha a escolha de sobreviver, mas ainda assim, ela escolheu se sacrificar – ninguém mais na história teve essa escolha.

O amor de Snape por Lílian o fez implorar a Voldemort para proteger Lílian, e Voldemort cumpriu sua palavra. No entanto, sua relutância em trocar sua vida pela de Harry causou a proteção especial que Voldemort nunca entendeu.

Se Voldemort tivesse escolhido Neville, o garoto não teria sobrevivido aos seus ataques e teria morrido ainda bebê, o que teria dado uma grande vantagem ao próprio Voldemort, que teria, provavelmente, vencido a guerra bruxa, e teria dominado todo o mundo mágico até hoje.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›