Você sabe o segredo do sucesso de Grey’s Anatomy? Ellen Pompeo explica

Atriz acredita que a internet ajudou a popularizar a série

publicidade

Grey’s Anatomy estreou no canal ABC sem grandes expectativas, mas se tornou um verdadeiro fenômeno e já vai começar a exibir a sua 19ª temporada. De acordo com sua protagonista, a atriz Ellen Pompeo, o motivo para toda essa popularidade é graças ao streaming.

Atualmente, os serviços de streaming se encontram em alta, mas não era assim quando a série estreou. Os fãs que não tinham oportunidade de ver na televisão precisavam aguardar o lançamento das temporadas em DVD (se quisessem assistir de maneira legal, obviamente).

publicidade
Elenco original de Grey’s Anatomy (Divulgação / Netflix)

Assim, quando as plataformas de streaming começaram a surgir, Grey’s Anatomy foi uma das primeiras séries a serem disponibilizadas dessa forma, o que, segundo a teoria de Pompeo, fez com que ela alcançasse mais pessoas.

“Eu sei que é fácil falar hoje em dia, porque todos os estúdios têm os seus serviços de streaming agora, mas eu me lembro da época em que Grey’s Anatomy era a única grande série que estava no streaming”, diz a atriz, vaidosa com o próprio trabalho.

“Na verdade, ainda era recente na época. Nós estávamos praticamente no começo”, afirmou ela.

publicidade

No Brasil, os fãs podem assistir à série em várias plataformas, como Globoplay e Star+, mas ela também já esteve disponível na Netflix durante vários anos.

Richard Flood e Ellen Pompeo em Grey's Anatomy
Richard Flood e Ellen Pompeo em Grey’s Anatomy (Divulgação/ ABC)

Quem é o responsável pela morte dos personagens de Grey’s Anatomy

publicidade

Muitos fãs se perguntam por que tantos personagens morrem em Grey’s Anatomy e ficam curiosos para saber quem é responsável por todas essas mortes.

O roteirista brasileiro Beto Skubs, que faz parte da equipe de roteiristas oficial da série, já chegou a revelar – em entrevista recente – que todos os roteiristas tomam as decisões juntos, mas a escolha final é da showrunner Krista Vernoff.

“Por exemplo, o Owen [Kevin McKidd] terminou a temporada passada aqui e onde queremos que ele chegue no final dessa temporada? Fazemos isso com todos os personagens, aí vamos quebrando em pedaços menores”, explicou ele na entrevista.

publicidade

“O processo é colaborativo, mas respondo para a showrunner e para a redatora-chefe. O que elas resolverem, é o que vai. Dito isso, eu e todo mundo na sala tem a liberdade de dizer: ‘Acho que podia ser isso ou aquilo’”, finalizou.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›