Vin Diesel quer final definitivo para saga Velozes e Furiosos

(Divulgação)

Em recente entrevista ao site Entertainment Weekly, Vin Diesel revelou que já discute a conclusão de Velozes e Furiosos desde 2012.

O astro relembrou, inclusive, algumas idéias de Paul Walker (morto em 2013 num acidente de carro), que sempre acreditou no potencial da franquia até um provável décimo filme.

“É algo que já vinha sendo discutido. Desde 2012, 2013… Conversava sobre isso com o Paul (Walker), em concluir em Velozes e Furiosos 10. Sempre me pareceu correto. Mas quando entrei na Marvel, percebi que seria possível dividir esse último capítulo em dois filmes.”

A saga de ação será concluída em Velozes e Furiosos 11.

A ideia da Universal Studios é que os dois filmes finais contem uma grande história conectada, com as voltas de Vin Diesel, Michelle Rodriguez, Tyrese Gibson, Chris “Ludacris” Bridges, Jordana Brewster, Nathalie Emmanuel e Sung Kang já garantidas.

“Foi uma belíssima jornada, e a história está sendo concluída do jeito que planejamos desde o início”.

Desde o primeiro filme, a saga arrecadou quase US$ 6 bilhões em bilheterias por todo mundo e teve seu primeiro spin-off, Hobbs & Shaw (2019), estrelado por The Rock e Jason Statham.

Velozes e Furiosos 9

O Total Film compartilhou na última semana, uma nova imagem de Velozes e Furiosos 9 como também a capa da revista onde temos Vin Diesel e John Cena. O filme tem estreia prevista para o dia 28 de maio.

Em entrevista à revista, Diesel contou que tem um compromisso com a experiência cinematográfico da 9ª sequência de Velozes e Furiosos:

“Estou tão comprometido com a experiência teatral. Obviamente, dediquei minha vida [ao cinema]. É uma sensação maravilhosa saber que estaremos lá no dia 28 de maio com um filme que todos vão querer ver juntos“.

Por fim, o astro falou sobre os spin-offs que poderão surgir:

“Comecei a planejar o ‘Velozes e Furiosos 10’ antes de começar a filmar o ‘Velozes 9’. Muito mesmo. O universo é tão robusto e rico em talento e rico em história que, em um nível, é totalmente viável ter spin-offs, e acho que isso é algo inevitável. A Universal merece isso por causa de quanto investiu nessa pequena saga.”

Formado em Criação e Produção Audiovisual pelo CBM (Centro Universitário Barão de Mauá). Frequentador assíduo das salas de cinemas, é também colecionador há anos de filmes em DVD e Bluray. Atuou como produtor e editor do SBT e na redação de blogs e sites em geral. Atualmente, trabalha como redator do E-Pipoca.


SIGA-NOS E VEJA MAIS