Veja por que a Hermione dos filmes é um orgulho para sua versão original

Hermione (Emma Watson) em Harry Potter (Reprodução)1
Hermione (Emma Watson) em Harry Potter (Reprodução)

Embora sejam um pouco diferentes uma da outra, a Hermione dos livros de Harry Potter teria algumas razões importantes para ter orgulho da sua versão na adaptação para o cinema caso elas se encontrassem.

Veja três delas na sequência:

Ela se arriscou a sofrer um ataque de lobisomem

Em uma turma onde havia vários bruxos adolescentes, Hermione foi a única pessoa que se deu conta de que o professor Lupin era, na verdade, um lobisomem.

Depois que Snape se tornou substituto na classe, ele passou um trabalho voltado especificamente ao professor. Hermione, nos livros, manteve o segredo dele.

No filme, Hermione dá um passo além. Ela e Harry viajam no tempo para salvar Bicuço e Sirius da morte.

Enquanto faz isso, ela percebe que Lupin iria matá-los em sua forma de lobo. Depois de usar o Vira-Tempo, Hermione se esconde e uiva como se fosse um lobo para chamar a atenção dele embora soubesse que poderia não ter como escapar.

Hermione demonstrou bravura nessa cena, o que certamente seria motivo de bastante orgulho à sua versão dos livros.

Ela deu um socão na cara de Malfoy

Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban mostra um dos únicos ataques de fúria que culminam com violência física de Hermione. Malfoy era classista e egoísta, principalmente quando se tratava de Hermione, a quem chamava de sangue ruim por causa de suas origens.

O terceiro filme demonstra que Hermione não tem sangue de barata. Quando não aguenta mais as provocações, ela dá um soco nele.

A Hermione dos livros não fez isso, mas certamente isso não seria um problema para ela, que teria dado todo apoio à sua versão do cinema.

Recusou-se a participar da luta de Ron e Harry

Harry e Rony tiveram uma das piores brigas durante o quarto ano.

Hermione acabou ficando entre os dois e desempenhou um bom trabalho. Ela ajudou Harry com o torneio e ainda conseguiu passar tempo com Rony, mas fez questão de dizer que não iria tomar partido por nenhum dos dois.

Um Psicólogo que estuda Medicina, ensina inglês, toca piano, ama escrever e tem um gato. =P


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›