Toy Story passou por muitos problemas antes de chegar a telona

Problemas técnicos e de roteiro foram alguns dos vários obstáculos que o longa precisou superar.

publicidade

O filme Toy Story, foi um marco para os estúdios Pixar e para o cinema de animação no mundo todo. Feito 100% no computador, o longa revolucionou a técnica na época e se tornou uma das maiores referências na área.

O lançamento aconteceu em 1995, e foi feito com uma parceria entre os programadores da Pixar e da Walt Disney Pictures.

publicidade

Nas décadas de 80 e 90, a Disney Animation estava passando por inúmeras mudanças, e a chegada de nomes como Thomas Schumacher, Michael Eisner e Peter Schneider, levaram a empresa para um outro patamar.

O diretor Jeffrey Katzenberg, que estava à frente na época, era famoso por ter planos comerciais acima de tudo, visando o sucesso das produções com o público e questionando a equipe de criação constantemente.

Com Toy Story, não foi diferente. O empresário não gostou muito da primeira versão apresentada por John Lasseter e queria que a pegada da história, fosse mais voltada para o público adulto, incluindo ironias e insultos no roteiro.

Daí em diante, o filme começou a produzir diversas versões, que eram mostradas aos chefes dos estúdios.

publicidade
Cena de Toy Story 4 (Reprodução / Disney)

Já na primeira apresentação, a ideia não causou uma boa impressão e foi barrada pelos empresários.

Primeira exibição foi um fiasco

publicidade

O primeiro corte foi considerado cansativo e desagradável, nele, o personagem de Woody, era um brinquedo obcecado em controlar todos os amigos. A versão, não agradou e uma ameaça de cancelar o roteiro e demitir pessoas, estava no ar.

Quando notou que a situação poderia sair do controle, Lasseter se reuniu com o animador Andrew Stanton e com os cineastas Joe Ranft e Pete Docter, em uma tentativa desesperada de salvar a produção.

A tática de reformular o roteiro e redesenhar o perfil dos personagens funcionou, e trouxe ao mundo uma das histórias mais queridas pelo público de todas as idades.

publicidade

Apesar de todo o sucesso que veio com o lançamento, para dar sequência ao segundo filme da franquia, a Pixar enfrentou novas dificuldades.

Além de voltar a ter problemas com o roteiro, o longa também teve desafios relacionados aos processos tecnológicos de criação.

Foi então que Lasseter foi nomeado como o novo diretor e conseguiu resolver os problemas a tempo do lançamento, que aconteceu em tempo recorde.

publicidade

Toy Story 2, chegou a ter 90% do seu material deletado por um comando errado de um profissional, porém, a equipe conseguiu recuperar os materiais, que haviam sido salvos por uma diretora técnica que estava de licença maternidade.

Todos as sequências do filme estão disponíveis na Disney+.

Toy Story 4 (Divulgação / Disney e Pixar)
Toy Story 4 (Divulgação / Disney)
publicidade

 

 

 

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›