Top Gun: Maverick terá que mudar sua data de lançamento novamente?

Tom Cruise em Top Gun: Maverick
Tom Cruise em Top Gun: Maverick (Reprodução/ Youtube)

Quando se trata da distribuição de filmes nos cinemas e dos atrasos causados ​​pela pandemia, a posição que o mundo está hoje é melhor que há cerca de seis meses, mas a incerteza ainda assola o setor.

Certos filmes estão chegando aos cinemas, enquanto outros estão sendo lançados diretamente nos nas plataformas sob demanda e serviços de streamings, e outros estão tendo lançamentos híbridos nos cinemas e streamings.

Dirigido por Joseph Kosinski, Top Gun: Maverick foi um dos vários títulos que foram analisados ​​em um novo artigo do The Hollywood Reporter, onde o veículo tentava descobrir quais sucessos de bilheteria teriam de mudar novamente a data de estreia por conta das datas de chegada da vacina para que o público se sinta seguro para voltar aos cinemas.

Top Gun: Maverick atualmente tem uma data de lançamento para 2 de julho de 2021. De acordo com o site Cinema Blend, um veterano de estúdio que quis manter seu anonimato comentou que os primeiros dois trimestres deste ano continuariam sendo difíceis, dizendo:

“Acho que tudo de concreto entre agora e Top Gun: Maverick no início de julho mudará. É uma bagunça.”

Os estúdios estão mudando a abordagem para o lançamento nos cinemas no quadro de abertura deste ano, com a Warner Bros. causando as maiores ondas ao anunciar seu plano sem precedentes de colocar filmes importantes na HBO Max, bem como nos cinemas no mesmo dia.

Top Gun: Maverick não é o único título pego neste aperto. Entre agora e 2 de julho, quando a sequência de Tom Cruise estreia, os grandes estúdios estão analisando a situação dos lançamentos e contemplando o que fazer com o Velozes e Furiosos 9 da Universal, a Viúva Negra da Marvel, Um Lugar Silencioso Parte II da Paramount e Os Caça-Fantasmas: Mais Além da Sony.

Os estúdios querem desesperadamente estar de volta aos negócios nos meses de virão, e pode ser uma situação em que sucessos de bilheteria tocam para uma multidão limitada para que o distanciamento social possa ser praticado.

A indústria vai ter que aprender a andar novamente antes de poder correr.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações, filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›