Star Wars: Andor não será uma minissérie

Showrunner ainda chamou a série de "romance"

publicidade

Quando Star Wars: Andor começou a ser produzido, surgiram notícias de que não seria uma série limitada.

Agora, o showrunner Tony Gilroy que os 12 episódios da primeira temporada são apenas metade da história que será contada.

publicidade

Em uma entrevista para a Vanity Fair, Gilroy chamou sua série de “romance” e ainda como a história será levada até os acontecimento de Rogue One: Uma História Star Wars.

“É uma segunda temporada, mas é realmente, para mim, a segunda metade do romance. Esta primeira temporada é sobre ele se tornar um revolucionário, e os 12 episódios seguintes o levam a Rogue One”.

Parte do que isso significa é que os fãs verão como Andor (Diego Luna) se encontrou com o droide K-2SO (Alan Tudyk), contudo é uma reunião que não acontecerá até a segunda temporada.

“Nós não temos Alan Tudyk. Ainda não, de qualquer maneira.”

Pessoas que importam

publicidade

Enquanto o filme Rogue One se concentrou em novos personagens, houve alguns rostos familiares que apareceram, incluindo Genevieve O’Reilly interpretando a versão jovem de Mon Mothma.

Gilroy disse que, enquanto Mon Mothma aparece na primeira temporada, ela não cruzará caminhos com Andor até muito mais tarde na narrativa. Ele ainda disse que há muitas pessoas importantes na trama.

publicidade

“Eu tenho a folha na minha frente. Eu tenho 211 falas nesta série. Provavelmente há 75 pessoas lá que realmente importam, e há pelo menos uma dúzia de personagens seriamente importantes que levaremos para a segunda [temporada]. É um elenco enorme, orquestral e dickensiano, com Diego no meio e Genevieve no meio de outra parte. Eles têm uma interseção, mas não se encontram. Eles não vão se encontrar até o segundo tempo”.

Diego Luna como Cassian Andor em Star Wars (Divulgação / LucasFilm)

Luna comenta

Em uma entrevista anterior para o The Hollywood Reporter, Diego Luna disse o seguinte sobre voltar a interpretar Andor.

publicidade

“Acho que é realmente interessante contar uma história, embora saibamos onde ela termina. A maneira como você pode abordar uma história como esta inevitavelmente leva você a um processo mais profundo de reflexão. Eu tendo a usar muito essa palavra. Então, uma vez que você sabe do que Cassian é capaz, então há espaço para muita exploração, e isso é algo isso me excita muito como ator. Acho que o formato de uma série é incrível porque temos muito tempo para explorar todas essas camadas”.

Star Wars: Andor ainda não tem data de estreia.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›