Stanley Tucci atormentou diretor para trocar de papel com outro ator

Stanley Tucci
Stanley Tucci e Colin Firth em Supernova (Reprodução)

O ator Stanley Tucci deu uma entrevista ao canal site Collider, contanto detalhes sobre o filme Supernova.

Stanley estrelou a produção junto com Colin Firth.

No filme eles interpretam um casal, Tusker (Stanley Tucci) e Sam (Colin Firth), que estão juntos há 20 anos, mas se deparam com um grande desafio quando Tusker é diagnosticado com demência.

O filme foi escrito e dirigido por Harry Macqueen, e Stanley está certo que sua parceria com Colin conseguiu extrair o melhor da história e dos atores.

Durante a entrevista o ator comentou sobre Colin Firth:

“Eu amo ele. Somos amigos há 20 anos. Ele é uma pessoa incrivelmente boa e um grande amigo. Ele um dos melhores atores de todos os tempos. Nós nos damos super bem juntos. Não parecemos ficar entediados um com o outro, o que realmente não faz sentido porque não somos muito interessantes.”

Embora a ideia não confortável para quem já assistiu o filme, Stanley deveria ter interpretado Sam, e Colin iria interpretar Tusker. O ator contou como a troca aconteceu.

“Acho que fizemos da maneira que deveria ser. Eu fui lendo o roteiro e pensando, ‘Algo está errado, e se a gente se trocar?’. Então Colin veio até mim um dia, e disse, ‘Devíamos trocar os papéis’. E eu respondi: ‘Sim, tenho pensado a mesma coisa’. Então, fomos até o Harry, pobre Harry. Ele ficou tipo, ‘Oh Deus, por que eu fui escolher esses dois?’ Ele disse: ‘Tudo bem, bem, vamos ler. Vamos escolher algumas cenas e vamos fazê-las de um jeito, e depois do outro jeito. ‘E quando terminamos era bastante evidente que deveríamos trocar ”.

O ator também contou que rejeitou a direção de um filme por acreditar que não poderia fazer um bom trabalho com aquele enredo em especial.

Sem mencionar nomes o disse:

”Há filmes que você participa e pensa ‘Meu Deus, eu queria muito estar dirigindo isso’, já outros você dirige e pensa o contrário. Teve um filme de Hollywood que me pediram para fazer e eu pensei ‘eu não acho que sei como fazer isso’ e o filme foi um sucesso, justamente porque eu não o fiz”.

Stanley também é conhecido por participar dos filme O Diabo Veste Prada e O Terminal, nos quais interpretou Nigel e Frank Dixon respectivamente.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›