Relembre os eventos da primeira temporada de A Casa do Dragão

A segunda temporada da série A Casa do Dragão estreia no dia 16 de junho, às 22h, na Max e HBO.

Composta por oito episódios, a narrativa continua a explorar as complexidades da família Targaryen, conhecida por unificar os Sete Reinos e governar Westeros por quase trezentos anos.

A série é baseada no livro Sangue e Fogo – A História dos Reis Targaryen de George R. R. Martin, que relata a guerra civil na Casa Targaryen para reconhecer o herdeiro do Trono de Ferro e governar toda Westeros.

Prepare-se para estreia da segunda temporada de A Casa do Dragão e relembre alguns postos importantes da primeira temporada.

Targaryen e Hightower

Os Targaryen, uma das Quarenta Famílias de Valyria, eram conhecidos como Senhores dos Dragões e mantinham a tradição de casamentos internos. Antes da Perdição de Valyria, migraram para Pedra do Dragão em Westeros, onde viveram por mais de cem anos.

Posteriormente, sob a liderança de Aegon, o Conquistador, e suas irmãs-esposas, Visenya e Rhaenys, iniciaram a conquista dos reinos de Westeros.

Os Hightower são uma das famílias nobres mais antigas e poderosas de Westeros, originários da região de Reach. Eles são conhecidos por serem os Senhores de Oldtown, a cidade mais antiga de Westeros, e por sua grande fortaleza, a Hightower.

A família tem fortes laços com a Casa Tyrell e é famosa por sua riqueza e influência, muitas vezes preferindo o comércio à guerra. Eles também são patronos da Cidadela e da Fé dos Sete, desempenhando um papel significativo na fundação da ordem dos Meistres.

O que aconteceu na primeira temporada de A Casa do Dragão

A primeira temporada de A Casa do Dragão gira em torno do reinado de Viserys I, cerca de 130 anos após a conquista de Westeros por Aegon. Viserys, que sucedeu Jaeharys, tinha uma única filha com sua esposa Aemma: Rhaenyra.

Sem um herdeiro masculino, Rhaenyra é nomeada a sucessora, mas a ideia enfrenta resistência nos Sete Reinos. Viserys casa-se novamente com Alicent Hightower, com quem tem três filhos, incluindo Aegon II, aumentando as tensões sobre a sucessão ao Trono de Ferro.

Após a morte de Viserys I, Aegon II é coroado rei pelos Hightower, surpreendendo Rhaenyra, a herdeira designada. Ela sofre um parto prematuro e perde o bebê. Daemon, seu marido, convoca um conselho para planejar a resposta ao golpe e a guerra que se avizinha.

Em Pedra do Dragão, Rhaenyra se autoproclama rainha e forma o Conselho Preto. Ela recebe uma proposta de paz de Otto Hightower que poderia evitar um conflito, mas teria que reconhecer Aegon II como rei. Durante uma discussão com Daemon, Rhaenyra revela a profecia de Aegon I, conhecida como a Canção de Gelo e Fogo.

Rhaenyra envia seus filhos para proclamar sua coroação e buscar aliados. Jacaerys viaja para o norte, enquanto Lucerys vai ao sul para encontrar Lorde Baratheon. Lá, Lucerys encontra Aemond com seu dragão Vaghar. Rejeitado como aliado e ao tentar partir, Lucerys é atacado por Aemond no ar. A batalha resulta na morte trágica de Lucerys e de seu dragão Arrax, ambos devorados por Vaghar.

Tal tragédia inflama ainda mais o ódio de Rhaenyra por Alicent Hightower e sua família, ela e seus aliados começam a planejar o contra-ataque.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›