Para matar a saudade, veja algumas das melhores frases de Callie Torres em Grey’s Anatomy

Callie (Sara Ramirez) em Grey's Anatomy: (Reprodução)
Callie (Sara Ramirez) em Grey’s Anatomy: (Reprodução)

Com certeza, Callie Torres é uma das personagens que mais encantaram os fãs de Grey’s Anatomy. Além de ser inteligente e excelente no trabalho que faz, ela conseguiu ser uma esposa dedicada e também é a personagem LGBTQ+ que mais durou na série, já que ficou durante 10 temporadas.

Abaixo trouxemos algumas das suas falas mais emocionantes durante o show. Confira!

– “Que tipo de pessoa deseja que alguém morra?”

Essa fala foi dita enquanto Izzie estava hospitalizada. Numa conversa com Arizona, Callie revelou que houve um tempo em que ela desejava que Izzie morresse.

Ela se diz arrependida e envergonhada por desejar a morte de uma colega, mas todo esse ódio que ela sentia foi depois que Izzie dormiu com seu marido George.

As duas sempre mantiveram um conflito antes disso, mas essa foi a gota d’água.

Callie conseguiu romper com todo o rancor depois que descobriu que Izzie estava com câncer.

– “Eu costumava morar no porão. Na maioria dos dias eu uso o delineador da noite passada para trabalhar, não dou a mínima para o que os outros pensam de mim!”

Essa fala foi dita durante uma briga de Callie com George quando ele tenta se reconciliar com ela após ter ferido seus sentimentos.

Ela havia dormido com Mark, mas foi George quem havia arruinado o casamento dos dois ao ter ficado com Izzie. Por isso, Callie tem certeza de que não quer vê-lo novamente.

Enquanto eles estavam tendo uma conversa após o fim do relacionamento, George acaba tentando ser inteligente e faz uma metáfora sobre um porco para descrever como as pessoas conseguem se livrar de situações lamacentas.

É justamente aí que Callie o interpreta mal e acredita que ele a está ofendendo. Por isso ela lembra o quanto é forte independente daquilo que as pessoas pensam dela.

Foi justamente por isso que a admiração dos fãs aumentou mais ainda por ela.

– “Jesus teria vergonha de você por me dar as costas.”

Callie diz isso ao seu pai por não apoiá-la quando se declara lésbica. Depois de meses sem falar com a filha, ele tenta se reconciliar com ela, mas as coisas dão errado porque ele tenta trazer um padre para tentar exorcizar os demônios dela e a ‘transformar’ em heterossexual.

Um Psicólogo que estuda Medicina, ensina inglês, toca piano, ama escrever e tem um gato. =P


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›