Estrela de Bridgerton quis ser atriz contra a vontade dos pais, e afirma que eles ainda não a apoiam

publicidade

Charitha Chandran, de Bridgerton, abriu o jogo e revelou que seus pais não queriam que ela seguisse uma carreira como atriz. a jovem interpreta Edwina Sharma, irmã de Kate Sharma, interpretada por Simone Ashley.

De acordo com Charitha em entrevista para a Teen Vogue, a questão com os pais dela é que ela sempre foi mais inclinada aos estudos e a fazer faculdade, e eles esperavam que ela seguisse um caminho mais estável como um emprego de consultora ou algo em um escritório.

publicidade

A artista é formada em Oxford e tem um diploma em Política, Filosofia e Economia. Apesar disso, ela esclareceu que eles a apoiam mesmo assim, e ficam felizes por suas conquistas como atriz:

“Eu sempre fui naturalmente acadêmica. Não é que eles não me apoiavam ou não apoiavam a atuação desde que eu era mais nova, eles não se importavam. Teatro era algo que eu amava, e não afetava meus estudos. Eles estão felizes que eu estou feliz e orgulhosos pelo que conquistei, e pela minha escolha. Não esperava isso, não significa que não sejam bons pais, só não me apoiam”.

Edwina Sharma (Charithra Chandran) em cena de Bridgerton (Reprodução/Netflix)

Por que a família Sharma tem origem sul-asiática?

Quando a família Sharma foi anunciada como uma parte das personagens principais de Bridgerton, muita gente estranhou, pois não é sempre que se vê personagens sul-asiáticos em produções de época.

publicidade

Foi exatamente por este motivo que Shonda Rhimes, criadora da série, decidiu incluir a família.

Segundo ela, a representação é importante, muito mais do que reproduzir um modelo real da época cheio de pessoas brancas, e perpetuar essa imagem mesmo nos tempos modernos

publicidade

“A decisão de tornar a família Sharma de origem sul-asiática foi muito simples. Eu queria trazer um mundo o mais tridimensional possível, refletindo também na representação. Não vemos mulheres sul-asiáticas negras representadas na tela de forma autêntica o suficiente. Achei que havia chegado a hora de garantir essa representatividade o máximo possível.”

A segunda temporada de Bridgerton já está disponível na íntegra na Netflix.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›