Nova True Blood terá condição para acontecer, segundo diretor

True Blood: Divulgação

A série da HBO, True Blood, foi um grande sucesso desde o seu lançamento em 2008.

O tema principal da série estava em voga na época com a proporção que Crepúsculo havia tomado. Ao longo das suas sete temporadas foi um acerto trazer temas como igualdade de direitos, conservadorismo e aceitação.

Recentemente surgiram rumores que um reboot da franquia estaria sendo providenciado pela emissora. Mas Casey Bloys, diretor de programação da HBO, veio a público acalmar os ânimos dos fãs que desejam o retorno da série.

“Eu diria que está muito longe, mais até que, digamos, o spinoff de Game of Thrones (House of Dragon). Definitivamente, temos um roteirista trabalhando em uma ideia, mas acho que é justo dizer que está mais longe do que as pessoas pensam. Não vai ao ar no próximo ano. É muito longe disso. Teremos que ver como isso funciona. Como acontece com qualquer desenvolvimento, você deseja ver se é uma história que vale a pena ser contada. É envolvente? Acrescenta ao original? E veremos”.

Além dos vampiros, True Blood, apresentou outros personagens mágicos como lobisomens, fadas e bruxas conforme a série foi se desenvolvendo.

A série terminou em 2014 em alta e ganhou vários prêmios, o que faz com que o público continue acreditando que ainda é muito cedo para uma nova versão da história ser produzida.

Em dezembro foi quando surgiram os primeiros rumores do reboot, com uma repaginação completa. Mas agora, após a declaração de Bloys, os fãs mais críticos podem ficar tranquilos, já que a conclusão do projeto vai levar muito mais tempo do que o imaginado.

A nova versão de True Blood ficará a cargo do criador de Riverdale e O Mundo Sombrio de Sabrina, Roberto Aguirre-Sacasa, e de Jamie O’Brien, tendo o showrunner original da série Alan Ball contribuindo como consultor.

Sou uma mulher que sempre sonhou em viver de escrever. Amo tudo sobre cultura pop, cinema e TV…. Ah cerveja e gatos!


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›