Nicolas Cage admite que fez filmes ruins para poder pagar dívidas exorbitantes

publicidade

O ator Nicolas Cage tocou resolveu acabar com os boatos que envolviam a sua carreira, revelando por que estrelou várias produções de baixo calibre, recentemente.

Em medos de 2014, Nicolas Cage viu a sua carreira empacar nas bilheterias mundiais. Na época, filmes estrelados pelo astro, como Motoqueiro Fantasma – Espírito de Vingança e O Aprendiz de Feiticeiro se provaram verdadeiros fracassos.

publicidade
Nicolas Cage em The Unbearable Weight of Massive Talent (Divulgação)

No entanto, a vida pessoal de Cage também não ia bem e o ator estava afundado em dívidas. Então, quando Hollywood lhe virou as costas, o astro enxergou um novo mercado: o de Video on Demand. Seus novos filme, no entanto, iriam direto para as plataformas de aluguel, sem uma estreia no cinema.

Numa entrevista para revista GQ, o astro admitiu que estrelou as produções VoD para conseguir sair do buraco e pagar suas dívidas que somavam de milhões de dólares.

“Eu tinha muitos cobradores me infernizando, além do Imposto de Renda, eu estava gastando US$ 20 mil por mês para cuidar da minha mãe e impedir que ela fosse mandada para um sanatório. Foi um momento difícil, tudo aconteceu ao mesmo tempo”, revelou Cage.

Esforço não foi um problemas

publicidade
Nicolas Cage em Jiu Jitsu
Nicolas Cage em Jiu Jitsu (Reprodução)

Ainda na conversa, Cage admite que qualidade de algumas produções são um tanto duvidosas. O astro, entretanto, defende a sua atuação em todos os filmes, revelando que deu o melhor de si em cada um deles.

publicidade

“Mesmo quando estava fazendo quatro filmes por ano, um atrás do outro, sempre tentava achar algo neles que me impulsionasse a dar meu melhor”, ressaltou.

“É claro que nem todos funcionaram. Alguns são ótimos, como Mandy, e outros nem tanto. Mas eu nunca fiz uma interpretação no piloto automático. Se houve algo incompreendido nessa fase, foi isso. As pessoas achavam que eu fazia esses filmes e não me importava. Eu me importava”, completou.

Nicolas Cage e Diane Kruger em A Lenda do Tesouro Perdido (Reprodução / Disney)
Nicolas Cage e Diane Kruger em A Lenda do Tesouro Perdido (Reprodução / Disney)

Entretanto, com suas dívidas quitadas há mais de um ano, Cage continuará no mercado de filme independentes. Embora reconheça problemas com algumas produções, a astro revela que pegou um gosto por esse tipo de filme, afirmando se sentir até mais feliz.

publicidade

“Eu me divirto mais fazendo filmes como Pig e Despedida em Las Vegas do que fazendo A Lenda do Tesouro Perdido“, comparou.

Este ano, por exemplo, marcará a estreia de quatro novos filmes independentes, estrelados por Nicolas Cage. Dentre eles, o mais esperado é O Peso do Talento, que chegará as plataformas de aluguel em 28 de abril.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›