Netflix pretende lançar três filmes de Adam Sandler por ano

(Divulgação)

Quase sempre esnobado pela crítica especializada, Adam Sandler sempre fez grande sucesso com o público por todo mundo.

Até mesmo seus filmes menos conhecidos, como Zohan: Um Agente Bom de Corte (2008) fizeram bilheterias internacionais superiores a US$ 200 milhões. Sua última aparição nos cinemas foi em Pixels (2015).

Em 2014, Sandler fechou um contrato com a Netflix e começou a lançar seus filmes com exclusividade na plataforma.

Seu primeiro filme na gigante do streaming foi The Ridiculous 6, em dezembro de 2015. Apesar de detonado pela crítica, o longa se manteve no topo das reproduções nos primeiros 30 dias no ar.

Depois disso, o ator já entregou outros cinco longas: Zerando a Vida (2016), Sandy Wexler (2017), Lá Vêm os Pais (2018), Mistério no Mediterrâneo (2019) e O Halloween do Hubie (2020).

Segundo informações da Variety, os usuários da Netflix já assistiram à quantidade impressionante de 2 bilhões de horas de filmes de Adam desde a sua chegada à plataforma.

O relatório divulgou também o lucro responsável pelas produções do comediante no último ano. Entre junho de 2019 e junho de 2020, US$ 41 milhões foram lucrados pela plataforma norte-americana por conta dos trabalhos de Sandler.

(Divulgação/Netflix)

Além disso, o filme mais recente dele, O Halloween do Hubie foi o original Netflix mais assistido de 2020 nos EUA. Internacionalmente, a comédia ficou em segundo lugar, atrás apenas de 365 Dias.

Segundo o jornalista Daniel Richtman, de olho nesse sucesso todo, Ted Sarandos, chefão da plataforma, anunciou que pretende manter o astro por muito tempo em seu catálogo de exclusivos e quer que Sandler lance três filmes por ano para eles:

“Algo está claro: nosso público não se cansa dele, adora suas histórias e seu humor”

Richtman também publicou que o ator irá “provavelmente” estrelar todos os projetos, o que certamente seria um presente para os fãs.

Formado em Criação e Produção Audiovisual pelo CBM (Centro Universitário Barão de Mauá). Frequentador assíduo das salas de cinemas, é também colecionador há anos de filmes em DVD e Bluray. Atuou como produtor e editor do SBT e na redação de blogs e sites em geral. Atualmente, trabalha como redator do E-Pipoca.


SIGA-NOS E VEJA MAIS